12 texto

A Companhia de Teatro Heliópolis traz para o Itaú Cultural – no dia 7 de novembro, às 20h – o espetáculo A Inocência do que Eu (Não) Sei. Fruto de uma pesquisa de campo realizada em escolas públicas, a peça tem como foco quatro personagens que vivenciam diferentes experiências de aprendizagem.

Fundada em 2000, a companhia já produziu nove trabalhos, todos eles ligados ao cotidiano e aos anseios dos moradores de Heliópolis, comunidade localizada na zona sul da capital paulista.

Com direção de Miguel Rocha – fundador do grupo – A Inocência do que Eu (Não) Sei recebeu duas indicações ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem – nas categorias Melhor Espetáculo Jovem e Prêmio Especial, por seu comprometimento com a comunidade de Heliópolis.

A Inocência do que Eu (Não) Sei [com interpretação em Libras]
terça 7 de novembro de 2017
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: duas horas antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[classificação indicativa: 12 anos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

FICHA TÉCNICA

Encenação Miguel Rocha
Texto Evill Rebouças (criação em processo colaborativo com a Companhia de Teatro Heliópolis)
Elenco Dalma Régia, David Guimarães, Donizete Bomfim e Klaviany Costa
Assistente de direção e preparação corporal Lucia Kakazu
Direção musical e preparação vocal William Paiva
Músicos William Paiva (piano), Eduardo Florence (violoncelo) e Giovani Bressanin (guitarra e sonoplastia)
Provocação Alexandre Mate (teatro épico) e Carminda Mendes André (teatro performático)
Encontros provocativos teóricos Maria Fernanda Vomero, Diego Marques, Luciano Mendes de Jesus, Fabiana Monsalú e Rose Akras
Cenário e figurino (1ª temporada) Clau Carmo
Figurino (2ª temporada) Samara Costa
Iluminação Toninho Rodrigues
Operação de luz Gabriel Igor

Veja também
Highlight large co%cc%81pia de aventaltodosujodeovo porfabioeloi

Avental Todo Sujo de Ovo

Com mais de 70 anos de estrada, Circo-Teatro Guaraciaba aborda universo LGBT em peça
onde: Itaú Cultural