Na peça Adeus, Palhaços Mortos!, que o Itaú Cultural apresenta no dia 22 de agosto, a companhia paulista Academia de Palhaços lança mão de recursos do teatro contemporâneo – marcado, entre outros aspectos, pela mistura de linguagens e pelo diálogo com as novas mídias – para abordar o universo do ator popular circense. Baseado em texto do romeno Matéi Visniec, o trabalho conta com a direção de José Roberto Jardim.

Em cena, os atores Laíza Dantas, Paula Hemsi e Rodrigo Pocidônio interpretam três velhos artistas circenses que se reencontram numa agência de empregos. Eles competem pela mesma vaga e, enquanto aguardam o recrutador, expõem suas memórias, seus segredos, suas mágoas e suas vilanias. Partindo desse enredo, a obra levanta questões como a finitude da vida e os fundamentos do fazer artístico.

Desenvolvido pelo coletivo BijaRi, também de São Paulo, o cenário do espetáculo foi reconhecido com o Prêmio Shell de 2016.

Adeus, Palhaços Mortos!
terça 22 de agosto de 2017
às 20h
[duração aproximada: 70 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: duas horas antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

[classificação indicativa: 12 anos]

Veja também
Highlight large a hora e vez   bob sousa

A Hora e Vez

Interpretado pelo ator Rui Ricardo Diaz, monólogo tem como base o conto “A Hora e Vez de Augusto Matraga”, de João Guimarães Rosa
onde: Itaú Cultural