lista alfabética
  busca
Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais
 
       
 
obras
biografia
histórico
acervos
textos críticos
fontes de pesquisa



  Exposições
individuais
coletivas



  sugestões

  Edinger, Claudio (1952)        

Críticas

"(...) Benares, a cidade mais religiosa da Índia, foi registrada por Edinger, com o mesmo olhar paciente, íntimo e cúmplice dos trabalhos anteriores. Como fotojornalista, seu compromisso é com a realidade e o leitor. O ensaio tem como referencial a religiosidade da cidade e os personagens sempre contextualizados em seus ambientes. (...)
A composição, a cor, a luz, o homem no espaço não são apenas elementos de uma estética fácil, mas ressaltam a experiência humana cotidiana e uma maneira especial de ver. A cena planejada sintetiza a intenção do fotógrafo, que com tranqüilidade realiza o registro. Cumplicidade.
Mas essa objetividade intencional não é mais que ilusão. Edinger trabalha com a luz centrada no homem, de modo a ressaltar o olhar, criando um atmosfera intrigante na relação entre o olhar do fotógrafo, o olhar do fotografado e o leitor. Essa cumplicidade do olhar faz do leitor um viajante da imagem. (...)"

Rubens Fernandes Junior

Fernandes Junior, Rubens. Claudio Edinger expõe na Fotóptica. Folha de S.Paulo.


"(...) Claudio Edinger é um mágico moderno: no lugar do chapéu encantado - uma lata de lixo, enorme; no lugar dos coelhos e lenços vaporosos, as cabeças insólitas dos punks, que fitam a câmera, cegos (cegos por opção, negando a luminosidade do mundo, o olhar escondido atrás das lentes negras). Parece que Claudio, devagar, tira uma por uma as suas personagens desta lata encantada para recolocá-las logo num ambiente certo. Desafio? Afinidade? Busca?
Claudio aproxima-se das pessoas para entender a si próprio. E, só depois, convence a sua câmera para aproximar-se também. Exagerada, ela opta por uma aproximação exagerada e cativa as pessoas com seu olhar, grande angular".

Stefania Bril

Bril, Stefania. Fotos incomuns de gente estranha. O Estado de S. Paulo. p. 18.