lista alfabética
  busca
Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais
 
       
 
obras
biografia
histórico
textos críticos
fontes de pesquisa



  Exposições
coletivas
póstumas



  sugestões

  Meirelles, Victor (1832 - 1903)        

Nascimento/Morte

1832 - Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis SC - 18 de agosto

1903 - Rio de Janeiro RJ - 22 de fevereiro

Formação

1838 - Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis SC - Inicia seus estudos artísticos aprendendo os rudimentos do desenho geométrico com o engenheiro e pintor argentino Marciano Moreno

1847 - Rio de Janeiro RJ - Estuda na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba, tendo como professor, Correia de Lima (1814 - 1857)

1849 - Rio de Janeiro RJ - Retorna para a cidade onde inicia o curso trienal de pintura histórica na Aiba

1853 - Roma (Itália) - Estuda com o pintor Tommaso Minardi (1787 - 1871)

1854 - Roma (Itália) - Estuda com Nicolau Consoni (1814 - 1884) professor da Academia de San Luccas, com quem realiza série de estudos com modelo vivo. Estuda as obras de artistas da Escola Veneziana, como Veronese, Tintoretto e Ticiano, entre outros

1857 - Paris (França) - Orientado por Porto Alegre (1806 - 1879) vai a Paris para estudar com Paul Delaroche, que falece antes de sua chegada. Estuda com Léon Cogniet (1794 - 1880) na Ecole Supérieure des Beaux Arts. Trabalha sob orientação de Andrea Gastaldi  (1810 - 1889)

Cronologia

Pintor, desenhista, professor

 

1842 - Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis SC - O Conselheiro do Império Jerônimo Francisco Coelho (1806 - 1860), encomenda a execução de uma vista da cidade e a cópia de uma imagem sacra

1846 - Rio de Janeiro RJ - Através do Conselheiro, seus desenhos são submetidos à análise de Félix Taunay (1795 - 1881), diretor da Aiba, que após aprovação inclui os trabalhos na Exposição Geral de Belas Artes

1847 - Rio de Janeiro RJ - Com o auxílio financeiro do Conselheiro, muda-se em fevereiro para a capital carioca

1848 - Rio de Janeiro RJ - Recebe a grande medalha no concurso da Aiba e viaja a passeio para a sua cidade natal

1849 - Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis SC - Executa um retrato em homenagem a Mariano Moreno e um outro panorama da cidade intitulado Vista Parcial do Desterro

1849 - Rio de Janeiro RJ - Retorna para a cidade

1852 - Rio de Janeiro RJ - Obtém o prêmio de viagem ao exterior no 7º Concurso de Prêmio de Viagem organizado pela Aiba com a tela São João Batista no Cárcere

1854 - Florença (Itália) - Estuda por conta própria as obras expostas na Igreja da Santa Maria Del Fiore, de Santa Croce, além de observar as obras na Galeria de Uffizzi e no Palácio Pitti. Aproxima-se, sobretudo das obras da Escola Veneziana

1854 - Roma (Itália) - Executa a tela A Flagelação de Cristo que lhe confere a prorrogação de sua condição de pensionista

1861 - Rio de Janeiro RJ - Retorna para esta cidade, desembarcando no cais Pharoux, no dia 18 de agosto

1861 - Rio de Janeiro RJ - É nomeado professor honorário da seção de pintura da Aiba

1861 - Rio de Janeiro RJ - É agraciado com o título de Cavaleiro da Ordem da Rosa

1862 - Rio de Janeiro RJ - É nomeado professor interino de pintura histórica da Aiba e mais tarde, no mesmo ano professor catedrático da mesma cadeira

1866 - Rio de Janeiro RJ - Integra o júri do setor de fotografia da Exposição Geral de Belas Artes

1866 - Rio de Janeiro RJ - Recebe em 3 de agosto, 16 contos de réis do deputado Affonso Celso de Assis Figueiredo (1836 - 1912), então Ministro da Marinha e futuro visconde de Ouro Preto, como pagamento antecipado para a execução da encomenda de dois painéis que deveriam retratar a Batalha de Riachuelo e a Passagem do Humaitá

1872 - Rio de Janeiro RJ - É agraciado com, juntamente com Pedro Américo (1843 - 1905) com o título honorífico de Comendador da Ordem da Rosa

1874 - Recife PE - Viaja para esta cidade em 14 de fevereiro. Durante um período de aproximadamente três meses viaja pela região recolhendo depoimentos, iconografias e realizando estudos para a posterior execução da tela A Batalha dos Guararapes

1874 - Rio de Janeiro RJ - Retorna em maio para esta cidade

1879 - Rio de Janeiro RJ - Assume interinamente o posto de regente da cadeira de paisagem da Aiba

1879 - Rio de Janeiro RJ - Participa da 25ª Exposição Geral de Belas Artes com a tela Batalha dos Guararapes, exposta ao lado da Batalha do Avaí de Pedro Américo. Instaura-se acirrada polêmica entre críticos e personalidades da época. Os debates ocorrem nas páginas dos seguintes periódicos: Jornal do Comércio, O Mequetrefe, Revista Musical, O Cruzeiro, Revista Ilustrada, Gazeta de Notícias, Microcosmo, Reportes, entre outros; e culminaram na acusação de plágio dirigida aos dois artistas

1879 - Rio de Janeiro RJ - É agraciado juntamente com Pedro Américo em 22 de novembro, com o título honorífico de Dignitário da Ordem da Rosa

1881 - Paris (França) - Chega nesta cidade em 18 de julho, instala-se e em um ateliê no Boulevard Vuagirad, inicia a execução da segunda versão da tela Batalha de Riachuelo

1883 - Paris (França) - Em 19 de maio, é homenageado em jantar organizado por Ferdinand Denis (1798 - 1890)

1883 - Rio de Janeiro RJ - Retorna para esta cidade abordo do navio Senegal

1884 - Rio de Janeiro RJ - Substitui Georg Grimm (1846 - 1887) na cadeira de pintura de paisagem

1885 - Rio de Janeiro RJ - Inicia juntamente com Henri Langerock (1830 - 1915) uma série de estudos para a posterior execução do Panorama Circular da Cidade do Rio de Janeiro

1886 - Rio de Janeiro RJ - Em 13 de novembro, o Governo Imperial adquire a tela Combate Naval de Riachuelo, que passa a figurar no acervo do Museu Naval

1886 - Oostende (Bélgica) - Aluga com o pintor Langerock um ateliê para juntos executarem o Panorama Circular da cidade do Rio de Janeiro, concluído no ano seguinte em Bruxelas

1888 - Bruxelas(Bélgica) - Inaugurada em 4 de abril a exposição do Panorama Circular da Cidade do Rio de Janeiro

1890 - Rio de Janeiro RJ - É jubilado do posto de professor da Aiba, recém nomeada Escola Nacional de Belas Artes - Enba

1890 - Rio de Janeiro RJ - Leciona por um ano no Liceu de Artes e Ofícios

1893 - Rio de Janeiro RJ - Tenta, sem êxito, fundar juntamente com Decio Villares (1851 - 1931) e Eduardo de Sá (1866 - 1940), entre outros a Escola Livre de Pintura

1898 - Porto Seguro BA - Viaja por esta região, onde inicia os estudos para a posterior execução de panorama em homenagem a quarto centenário do descobrimento do Brasil, intitulado Panorama do Descobrimento do Brasil. Não chega a concluir esta obra

1900 - Rio de Janeiro RJ - Expõe em 8 de junho a tela Invocação de Nossa Senhora do Monte Carmelo, no Liceu de Artes e Ofícios



Atualizado em 28/05/2010
 
 
Veja nas
Enciclopédias
 
  literatura - nomes
  Caminha, Pero Vaz de (ca.1451 - 1500)

 

 
Veja na Web
 
  Museu Victor Meirelles