lista alfabética
  busca
Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais
 
       
 
obras
biografia
histórico
acervos
textos críticos
fontes de pesquisa



  Exposições
póstumas



  sugestões

  Aleijadinho (1730 - 1814)        

Nascimento/Morte

1730  - Vila Rica, atual Ouro Preto MG - 29 de agosto. Segundo alguns estudiosos, é provável que tenha nascido em 1738

1814 - Vila Rica, atual Ouro Preto MG - 18 de novembro

Vida Familiar

Filho bastardo do arquiteto e mestre-de-obras português Manuel Francisco Lisboa e de uma de suas escravas, Isabel. Existem muitas incertezas sobre sua vida. A primeira biografia do artista foi escrita em 1858, 44 anos após sua morte, pelo jurista Rodrigo José Ferreira Bretas, baseada em documentos de arquivo e depoimentos

Cronologia

Escultor, arquiteto, entalhador

 

s.d. - Executa escultura de São Francisco de Paula para a Igreja de São Francisco de Paula em Vila Rica, atual Ouro Preto, Minas Gerais

s.d. - Projeta e executa um chafariz para o Hospício da Terra Santa pertencente a Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

s.d. - Executa a imagem de Santa Helena para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Vila Rica

s.d. - Executa imagem de Nossa Senhora do Carmo para a Matriz de São Bartolomeu, em São Bartolomeu, sub-distrito de Vila Rica

s.d. - Executa imagem de Santa Ana, em Lavras Novas, distrito de Vila Rica

s.d. - Excuta crucifixo e tambor de púlpito para a Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Catas Altas, Minas Gerais

1752 - Executa o risco do chafariz para o pátio do Palácio dos Governadores, em Vila Rica 

ca.1757 - Recebe do pai as primeiras noções de desenho, arquitetura e escultura. É provável que também tenha recebido ensinamentos do desenhista e medalhista João Gomes Batista e dos escultores e entalhadores Francisco Xavier de Brito e José Coelho de Noronha, em Vila Rica

1757 - Executa o risco do chafariz do Padre Faria do Alto da Cruz, em Vila Rica

ca.1760 - Trabalha na execução de um dos altares laterais da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Bom Sucesso. Para esta mesma igreja o artista executa uma imagem de Nossa Senhora do Carmo, em Vila Nova da Rainha, atual Caeté, Minas Gerais

1760 - Executa os altares laterais da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Santa Rita Durão, Minas Gerais

1761 - Realiza um busto de mulher, sua primeira obra de pedra-sabão, para a fonte do Padre Faria do Alto da Cruz, em Vila Rica 

1761 - Trabalha como artífice do escultor e entalhador José Coelho de Noronha nas obras para o Arco do Cruzeiro da Matriz de Morro Grande, atual Barão de Cocais, Minas Gerais

1763 - Projeta o risco do frontispício e a implantação das torres da Matriz de São João Batista, considerado seu primeiro trabalho como arquiteto, em Morro Grande

1766 - Executa o risco da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1769 - Executa esculturas para o frontão da Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Vila Rica

1770 - Executa risco do frontispício para a Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Sabará, Minas Gerais

1771 - Contratado para efetuar louvação (avaliação) do risco elaborado para a capela-mor da Igreja de São Manuel do Pomba e Peixe, em Rio Pomba, Minas Gerais  

1771 - É contratado para realizar a louvação (avaliação) e medição de risco para a Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Vila Rica, anteriormente elaborado por seu pai, Manuel Francisco Lisboa (?-1767), em 1766

1771 - Executa risco e planta para a Casa do Açougue Público, em Vila Rica. O prédio foi demolido em 1797

1771/1772 - Executa os púlpitos da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1772 - Ingressa na Irmandade de São José dos Pardos. Neste mesmo ano executa o risco e o entalhe do altar-mor para a Igreja de São José, em Vila Rica

1773/1774 - Executa o risco e parte do barrete da capela-mor da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1774 - Executa o risco para a Igreja da Ordem de São Francisco de Assis da Penitência, em São João Del Rei, Minas Gerais. Neste mesmo ano o artista executa a portada e a tarja do medalhão que ornamentam a igreja.

1774 - Viaja para conhecer a portada de pedra de lioz, trazida de Lisboa para a Igreja da Ordem Terceira do Carmo, no Rio de Janeiro. Segundo estudiosos, essa obra teria influenciado suas criações posteriores

1774 - Executa acabamento escultórico para o frontispício da Igreja da Ordem Terceira do Carmo, em Sabará, Minas Gerais

1774/1775 - Executa as esculturas para a ornamentação do frontispício da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1775 - Executa risco para a capela-mor da Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões, em Vila Rica

ca.1777 - Antes de completar 50 anos é acometido de uma doença degenerativa, que deforma e atrofia seu corpo, desencadeando a perda progressiva do movimento dos dedos das mãos e dos pés. A doença não o impede de trabalhar, tendo os instrumentos atados às mãos por seus escravos, que o carregam aos locais de trabalho

1777/1778 - Supervisiona as obras da capela-mor da Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões, em Vila Rica. Para a mesma igreja, executa as imagens de São Pedro Nolasco e São Raimundo Nonato

1777/1779 - Trabalha no lavabo da sacristia da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1778 - Executa o risco e elabora esculturas para o frontispício da Igreja de São Miguel e Almas, em Vila Rica. Executa a imagem de São Miguel que ornamenta o nicho desta mesma igreja

1778/1779 - Executa o projeto do conjunto de talha para a capela da Fazenda Jaguará, em Santa Rita Durão, Minas Gerais. Este conjunto era composto pelo altar-mor, dois altares laterais, grades, púlpitos e altar da sacristia. Atualmente este conjunto encontra-se na Igreja Matriz de Nova Lima    

1779 - Executa a planta das balaustradas da Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Sabará, e avalia as madeiras que seriam empregadas na execução da obra. Executa também duas estátuas de pequenas proporções, São João da Cruz e São Simão Stock, para esta mesma igreja

1779 - Inicia a execução de um biombo para ornamentar a entrada da Igreja da Sé, de Vila do Carmo, atual Mariana, Minas Gerais 

1779 - Executa um oratório para a sacristia da Igreja de Nossa Senhora do Pilar, em Sabará

1781/1783 - Executa a ornamentação do interior da nave da Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Sabará. A ornamentação foi feita  em talha dourada e policromada, compreendendo os púlpitos, o coro, as pilastras e as colunas

1785 - Realiza a talha dos retábulos laterais da Igreja do Rosário, em Santa Rita Durão

1785 - Contratado para realizar a louvação (avaliação) das obras realizadas na Igreja Matriz de São João Batista, em Morro Grande, atual Barão de Cocais, Minas Gerais. Nesta igreja, realiza intervenção no risco do frontispício, implementa as torres, a tarja do arco do cruzeiro e executa uma imagem de São João Batista para ornamentar o nicho da portada

1787 - Transfere-se para o Arraial de Espera, atual Rio Espera, Minas Gerais e  executa imagem de nossa Senhora da Piedade, localizada atualmente na Igreja Matriz de Rio Espera

1789 - Executa as "pedras de ara" para a Igreja de São José, em Vila Rica

1790/1794 - Trabalha na execução do retábulo para o altar-mor da Igreja da Ordem Terceira de  São Francisco de Assis da Penitência de Vila Rica

1795 - Executa estátuas de São Sebastião e de Nossa Senhora do Carmo, Santana Maestra para a capela da Fazenda Serra Negra, em Santa Quitéria, atual Esmeraldas, Minas Gerais

1796/1799 - Realiza as 66 figuras dos Passos da Paixão composto por sete conjuntos escultóricos, sendo eles: Ceia, Monte das Oliveiras, Prisão de Cristo, Flagelação, Coroação de Espinhos e Carregamento da Cruz e Crucificação, todos localizados no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas do Campo, Minas Gerais. Para este trabalho recebe o auxílio de diversos entalhadores, sendo a encarnação das imagens realizada pelos pintores Manoel da Costa Athaide (1762 - 1814) e Francisco Xavier Carneiro (1765 - 1840)

1800/1805 - Inicia a execução das imagens dos doze profetas, em pedra-sabão, para o adro do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos

1803 - Executa os dois altares do cruzeiro da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em São João Del Rei, Minas Gerais. Os altares são ornamentados pelas imagens de São Luis e São Francisco de Assis

1804 - Trabalha na confecção da caixa de órgão para o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos

1806 - Excuta lampadário para a igreja do Santuário de Bom Jesus de Matosinhos

1807/1808 - Projeta o risco e executa os altares laterais de São João e Nossa Senhora da Piedade para a Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo, em Vila Rica 

1808 - Executa candelabros para a igreja do Santuário de Bom Jesus de Matosinhos

1810 - Executa trabalhos para o frontispício da Igreja de São José, em Vila Rica, responsabilizando-se pelo assentamento das primeiras cantarias, das portadas do coro e do retábulo

1810 - Executa o risco do frontispício e das grades do corpo da Igreja Matriz de Santo Antônio, em São José do Rio das Mortes, atual Tiradentes, Minas Gerais. Para a mesma igreja executa uma imagem de Santa Ana para a ornamentação do altar lateral

1812 - Supervisiona as obras de execução dos altares laterais e dos púlpitos da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, em Vila Rica. A execução das obras ficou a cargo de Justino Ferreira de Andrade, que fora seu aprendiz

1829 - Vicente Álvares da Costa executa projeto elaborado por Aleijadinho para as laterais da Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis da Penitência, em Vila Rica

1968 - É inaugurado o Museu do Aleijadinho na Igreja Matriz de Nossa Senhora, no Bairro Antônio Dias, em Ouro Preto

1972 - A Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais reconhece como efige oficial de Antonio Francisco Lisboa, o retrato miniatura pintado a óleo por Euclásio Penna Ventura, neste mesmo ano, a Assembléia inaugura em suas dependências um busto de bronze em homenagem ao artista. O busto foi doado à Assembléia pelo historiador e pesquisador Miguel Chiquilof



Atualizado em 23/09/2008
 
 
Veja nas
Enciclopédias
 
  artes visuais - termos e conceitos
  Barroco
Barroco Brasileiro
Rococó

 
  literatura - nomes
  Andrade, Mário de (1893 - 1945)

 

 
Veja na Web
 
  Museu Virtual do Aleijadinho

Aleijadinho - textos sobre as esculturas do retábulo da Fazenda Serra Negra e imagens