lista alfabética
  busca
Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais
 
       
 
obras
biografia
histórico
acervos
textos críticos
fontes de pesquisa



  Exposições
individuais
coletivas
póstumas



  sugestões

  Almeida, Belmiro de (1858 - 1935)        

Nascimento/Morte

1858 - Serro MG - 25 de maio

1935 - Paris (França) - 12 de junho

Cronologia

Pintor, desenhista, caricaturista, escultor, professor, escritor

 

1869/1874 - Estuda no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro, onde é aluno de Antônio de Souza Lobo (1840 - 1909)

1874/ca.1880 - Estuda na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba, no Rio de Janeiro, com Agostinho da Motta (1824 - 1878), Zeferino da Costa (1840 - 1915) e José Maria de Medeiros (1849 - 1925)

1874 - Premiado com a medalha de prata em desenho figurado pela Aiba

1875 - Premiado com a medalha de ouro em desenho figurado pela Aiba

1876 - Premiado com a menção honrosa em paisagem e modelo vivo pela Aiba

1877 - Premiado com a pequena medalha de ouro em modelo vivo pela Aiba

1877/1903 - Atua como caricaturista da revista Comédia Popular

1878 - Premiado com a medalha de prata em pintura histórica pela Aiba

1878 - Estuda com Henrique Bernardelli (1858 - 1936) e Rodolfo Amoedo (1857 - 1941) no Ateliê Livre

1879/ca.1883 - Leciona desenho no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Colabora no jornal República das Moças

1880 - Premiado com a medalha de ouro em pintura histórica pela Aiba

1881 - Colaborador dos jornais O Binóculo e Diabo da Meia Noite

1883 - Premiado com a medalha de ouro por serviços prestados ao Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro

1883 - Trabalha como conservador na pinacoteca da Aiba

ca.1884/1885 - Viaja para Paris, onde estabelece contato com os círculos artísticos e intelectuais

1885 - Colaborador do jornal Diabo a Quatro

1886 - Funda o periódico O Rataplan

1888 - Com o auxílio de amigos, entre eles Rodolfo Bernardelli (1852 - 1931), viaja para a Europa. Estuda em Paris e em Roma

ca.1888 - Estuda na École National Supérieure des Beaux-Arts [Escola Nacional Superior de Belas Artes], em Paris, onde entra em contato com o pintor Georges Seurat (1859 - 1891)

1888 - Estuda pintura com Jules Joseph Lefebvre (1836 - 1912) e com B. Constant et Pelez

1893 - Retorna ao Brasil, e é nomeado professor interino de desenho na Escola Nacional de Belas Artes - Enba, em substituição a Weingärtner (1853 - 1929). Em 1894 é suspenso por desacato ao diretor Rodolfo Amoedo

1895 - Colabora na publicação A Cigarra, de Olavo Bilac e Julião Machado

1896 - Demite-se da Enba

1896 - Atua como caricaturista em A Bruxa, de Olavo Bilac e Julião Machado

1901 - Funda o periódico João Minhoca

1902 - Colabora em O Malho

1903 - Trabalha como caricaturista na publicação O Tagarela

ca.1906 - Executa painéis para o edifício da Caixa de Amortização, no Rio de Janeiro

1913 - Integra a comissão julgadora da seção de escultura, arquitetura e artes aplicadas na Exposição Geral de Belas Artes, no Rio de Janeiro

1914 - Integra a comissão julgadora da seção de pintura na Exposição Geral de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

1914 - Funda, com J. Carlos (1884 - 1950), Kalixto Cordeiro e Raul Pederneiras (1874 - 1953), o Salão dos Humoristas, realizado no Rio de Janeiro

1915 - É presidente da comissão diretora da 22ª Exposição Geral de Belas Artes

1915/1923 - Membro do Conselho Superior de Belas Artes

1916 - É nomeado professor de desenho de modelo vivo na Enba

1923 - Membro da Sociedade dos Artistas Franceses, Paris

1925 - Realiza projeto escultórico para o túmulo do presidente Afonso Pena, no Rio de Janeiro

1930 - É um dos fundadores e primeiro presidente do Sindicato dos Artistas, no Rio de Janeiro

1984 - O historiador Reis Júnior (1903 - 1985) publica o livro Belmiro de Almeida 1858-1935, com prefácio de Quirino Campofiorito, pelas edições Pinakotheke



Atualizado em 27/05/2010
 
 
Veja nas
Enciclopédias
 
  artes visuais - termos e conceitos
  Academicismo
Auto-Retrato
Flores
Impressionismo
Neo-Impressionismo
Nu
Pintura de Gênero
Pintura de Paisagem
Realismo
Retrato

 
  literatura - nomes
  Bilac, Olavo (1865 - 1918)