Carlos Augusto Calil, crítico de cinema, analisa a produção cinematográfica de Luiz Sergio Person. Para ele, os filmes São Paulo Sociedade Anônima (1965) e O Caso dos Irmãos Naves (1967) são os mais importantes do diretor; o primeiro representante do cinema autoral e com grande repercussão pela questão poética e o segundo um filme do cinema de gênero tribunal, relevante pela questão política abordada. Calil também considera a comédia erótica Cassy Jones, o Magnífico Sedutor (1972), inspirada no livro Clara dos Anjos, de Lima Barreto, um filme subestimado.

Depoimento gravado para a Ocupação Person, em fevereiro de 2016, no Itaú Cultural, em São Paulo/SP.

A Ocupação Person fica em cartaz entre 20 de fevereiro e 3 de abril de 2016, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo/SP.

Créditos
Gerente do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Ana de Fátima Sousa
Coordenadores do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Carlos Costa e Jader Rosa
Entrevista: Fernanda Castello Branco
Captação: André Seiti
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Ana Paula Fiorotto e Camila Fink
Captação e edição: Karina Fogaça
Som direto: Raquel Vieira (terceirizada)