De setembro a dezembro deste ano acontece na capital paulista a 33a Bienal de Arte de São Paulo, que, sem ter uma temática rígida, reúne 12 projetos individuais e 7 mostras coletivas organizadas por artistas-curadores. É sobre esse evento que irá se debruçar o workshop Vislumbres Potencialmente Libertadores no Sistema da 33a Bienal de São Paulo, conduzido pelo pesquisador e artista visual Bruno Moreschi.

A atividade, em três encontros, mistura ações teóricas e práticas, incluindo uma visita à bienal e experimentações com inteligência artificial e escaneamento de obras de arte em 3D. Nesses encontros, os participantes serão estimulados a compreender a exposição para além dos discursos oficiais apresentados pela instituição e a criar suas próprias leituras da mostra.


Confira abaixo a relação dos nomes selecionados. Saiba mais sobre a programação aqui.
 

Amanda Cristina de Oliveira Ribeiro

André Oliveira

Camila Dias Alvarenga

Carina Bispo de Miranda

Daniel Souza Garcia

Deborah Janini

Eloá Fernandes de Souza da Cunha

Erica Herculano Ribeiro

Fabiano Bernarde

Grazielle Medeiros de Sousa

Ingrid Ylena Nikitin Duran

Jaqueline Aparecida Alves

Jean-Pierre Gingold

João Paulo Tiago

Karina da Silveira Furtado

Maralice Antunes Camillo

Patrícia Inocencio

Paulo Barroso

Pedro Phelipe Pereira Alves

Robert de Azeredo Santos

Ronaldo Antonio Marques Pinto

Suzanne Godolphim e Silva Tocci

Tiago Salgueiro Tavares da Silva

Túlio Magno de Souza Pereira da Costa


Entreolhares – Vislumbres Potencialmente Libertadores no Sistema da 33a Bienal de São Paulo [com possibilidade de interpretação em Libras e audiodescrição, caso solicitado]
terça 27 a quinta 29 de novembro de 2018
às 18h30
[duração aproximada: 210 minutos]
Sala Vermelha (piso 3) e Sala Multiúso (piso 2)

Entrada gratuita 

[livre para todos os públicos]

 

Veja também