A obra subverte a lógica de filmagem e edição típica do cinema, com procedimentos de captura de câmeras on-line e de tagueamento do material gerado, e explora esses métodos, possíveis apenas na internet. Webcams produzem ao vivo imagens que são exibidas simultaneamente com um conjunto de cenas pré-gravadas e agenciadas conforme seu conteúdo. As combinações criam diferentes sentidos entre as imagens e aproximam lugares remotos de forma arbitrária: a dinâmica de agrupamento das cenas vistas é, ironicamente, invisível para o usuário.