O futebol é o esporte que mais mobiliza os brasileiros e em ano de Copa do Mundo o interesse por ele se intensifica.

Acompanhando a conversa sobre o tema, em 2014, ano em que o campeonato foi realizado no Brasil, o Itaú Cultural promoveu uma série de encontros sobre os diálogos do futebol com outras áreas da cultura, o Arte na Biblioteca: Futebol.

Foram cinco debates. O antropólogo Rodrigo Chiquetto trouxe reflexões sobre a prática de futebol amador, conhecida como futebol de várzea. O escritor Xico Sá tratou de futebol, música e literatura. O diretor Rubens Rewald abordou os pontos de contato do esporte com o cinema. O então apresentador do programa Bate Bola, da ESPN, Rodrigo Rodrigues, falou sobre futebol e jornalismo. Por fim, Almir de Oliveira Ferreira, mestre em tecnologias da inteligência e design digital, relacionou futebol e tecnologia. Além das rodas de conversa, foi ministrada, pelo sociólogo e professor universitário José Paulo Florenzano, uma oficina destinada a educadores, chamada O Uso do Futebol em Sala de Aula.

Para muitos pesquisadores, a introdução do futebol no Brasil no início do século XX se deu por meio do processo de modernização do país. Criado pelos ingleses, o jogo se estabeleceu como uma modalidade da elite e acabou se tornando o esporte mais popular do país.

 

Referências

Acervo - Centro de Memória, Documentação e Referência Itaú Cultural

Veja também