Cristian Duarte é um desses artistas que estudaram na Europa – trabalhando entre cá e lá –mas escolheram o Brasil como morada, para a vida e para a arte. No programa, ele fala de sua trajetória como coreógrafo, desde a saída da P.A.R.T.S. (Performing Arts Research and Training Studios) – escola onde estudou em Bruxelas – até os dias de hoje. Coreógrafo-DJ, ele mixa referências artísticas no corpo e fora dele, produzindo obras que transbordam da dança e buscam sua própria coerência, dentro e para além da cena. A seleção musical é uma mistura “quente” de faixas compostas por diversos artistas e até pelo próprio Cristian. A última faixa do programa é resultado de uma experiência feita ao vivo, durante a gravação deste Discoreografia. Usando um pedal conectado ao microfone, Cristian e Elisabete pinçaram algumas palavras-chaves do evento para compor um inusitado mashup.

>> Ouça todos os programas aqui.

Cristian Duarte é bailarino, coreógrafo e diretor. Graduou-se na P.A.R.T.S. (Performing Arts Research and Training Studios) e treinou em São Paulo com o Estúdio e Cia. Nova Dança (1995-2000). Desenvolve desde 2011, com recursos do Programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, o projeto de residência artística LOTE. Saiba mais sobre Cristian aqui.

foto_capa_CristianDuarte

Programa gravado ao vivo, no dia 20/9/2015, durante a Bienal de Dança do Sesc em Campinas. Este Discoreografia teve a presença do público. Todos os sons que aparecem na gravação fazem parte da paisagem sonora na qual o programa estava mergulhado.

Concepção, curadoria e apresentação: Elisabete Finger
Realização: Itaú Cultural e Ministério da Cultura
Imagem: Cristian Duarte

Título: Faixas Quentes

Músicas

“Repente da Emoção” – Tarina Quelho

“Eletroquimicos Baby” – Thelma Bonavita e Cristian Duarte

“Schubert: Moment Musicaux N° 3” – David Fray

“Suite Biomashup” – Tom Monteiro

“Cheia de Manias” – Vivian Belford

“Neguinho” – Caetano Veloso e Gal Costa

“Faixa Quente” – Mashup feito ao vivo na Bienal