Os coreógrafos Marika Gidali e Décio Otero, fundadores e diretores artísticos do Ballet Stagium, recebem a visita da performer e coreógrafa Elisabete Finger. Casados na vida e na dança há mais de 46 anos, os dois se tornaram a principal referência nacional na criação de um balé moderno. O casal fala sobre a companhia e trabalhos anteriores – no teatro e na televisão –, conta como se conheceu e revisita algumas das principais criações do Stagium, com trilhas feitas a partir de pesquisas e colagens musicais que o próprio Décio iniciou na década de 1970.

O trabalho de Marika e Décio na criação e na direção artística do Ballet Stagium é considerado um divisor de águas para a dança no Brasil. A companhia desenvolve produções adaptáveis aos mais diversos tipos de espaço, um programa de pesquisa em várias linguagens de dança, além de encontros com outros segmentos da cultura nacional. O Stagium foi o primeiro grupo do país a utilizar trilhas sonoras da MPB, músicas de Pixinguinha, Chico Buarque e Cartola, entre outros nomes, além de trabalhar com composições originais de músicos como Milton Nascimento, Egberto Gismonti e André Abujamra. Para mais informações, acesse stagium.com.br.

*Este programa foi gravado com microfone binaural. Para sentir os efeitos de espacialização do som, recomendamos o uso de fones de ouvido, respeitando as indicações de direita e esquerda de cada fone.

Músicas:
1. "Lili Marlene" – Marlene Dietrich
2. "Bachiana n. 2" – Heitor Villa-Lobos
3. "Madalena" – Ivan Lins
4. "Trilha do Ballet Diadorim" – colagem musical de Décio Otero
5. "Das Terras de Benvirá" – Geraldo Vandré
6. "Trilha do Ballet Kuarup, Cantos Originais dos Índios do Alto e Baixo Xingu" – colagem musical de Décio Otero
7. "Gracias a la Vida" – Elis Regina

Confira todas as edições do "Discoreografia – Música, Dança e Blá-Blá-Blá".

Visite também o hotsite da Ocupação Ballet Stagium, de 2011.

Créditos
Concepção, curadoria e apresentação: Elisabete Finger
Edição: Estúdio Zut (Gabriel Piotto)
Captação de som: Alessa Camarinha

Itaú Cultural
Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente administrativo: Sérgio Miyazaki
Gerente do Núcleo de Artes Cênicas: Galiana Brasil
Coordenador do Núcleo de Artes Cênicas: Carlos Gomes
Produção do Núcleo de Artes Cênicas: Jaqueline Vasconcellos
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Ana Paula Fiorotto