Elisa Lucinda é escritora e atriz. Neste depoimento, ela conta que chegou às artes cênicas através da literatura e de sua relação com a poesia falada. Comenta sua carreira como artista e de que maneira aconteceram seus projetos. Por fim, declama o poema Última Moda, do livro Vozes Guardadas.

Depoimento gravado em junho de 2017, no Itaú Cultural, em São Paulo/SP. 

Assista a outros depoimentos de escritores brasileiros na playlist Encontros de Interrogação.

Créditos
Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente administrativo: Sérgio Miyazaki
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar 
Produção audiovisual: Roberta Roque
Entrevista e roteiro: Gabriel Carneiro (terceirizado)
Captação e edição: Belluah Produções

Veja também

De onde escrevo – Flip (2016)

Na mesa de abertura da programação do Espaço Itaú Cultural de Literatura na na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) 2016, a...