Jazz, música clássica europeia e improvisação contemporânea se misturam neste show de Douglas Braga, que apresenta seu primeiro álbum, Música Livre, no Itaú Cultural, em São Paulo, no dia 29 de novembro, às 20h. O espetáculo traz Braga nos saxofones soprano e alto, José Luiz Braz no clarinete, Marcos Braga no trompete e no flugelhorn, Gian Correa no violão de sete cordas e Nath Calan e Cleber Almeida na percussão.

O repertório do show reúne composições de Braga, como “Sinfonia Urbana de Câmara” e “Livres Variações”, além de obras de outros compositores, como “Provokationen”, de Felipe Senna; “Delta”, de Nailor Azevedo, o Proveta; “Paisagem Sonora nº 6”, de Rodrigo Lima; e “Uma Ideia de Samba”, de Gian Correa. No teaser de Música Livre, esses músicos comentam um pouco a produção e as características do grupo:

Douglas Braga já recebeu o primeiro prêmio no Concours de Saxophone Parisien 2012 e o terceiro prêmio no Concours International Adolphe Sax 2012, ambos da França; venceu também o Concurso Panamericano de Saxofón 2015, do México; e em 2014 teve seis indicações ao Grammy pelo CD Gare Saint-Lazare, do Art&Sax Quarteto de Saxofones.

Além desse grupo, Braga gravou com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM), a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (Osusp). Como solista, atuou também na Orchestre du Conservatoire de Rouen, da França, na Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, na Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo e na Banda Sinfônica do Estado (BSESP). Composições suas são tocadas por músicos como Claude Delangle e Dilson Florêncio e por grupos como Reed Five.

Douglas Braga [com interpretação em Libras]
quinta 29 de novembro de 2018
às 20h

[duração aproximada: 80 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também