Reportagem sobre a "correção política" de personagens do folclore brasileiro, que chega mesmo a propor um saci sem cachimbo (porque faria apologia ao crack) e com prótese. A matéria foi produzida dentro do programa Rumos Jornalismo Cultural 2009-2011 (carteira Estudante), realizado pelo Itaú Cultural, e publicada na revista Singular 2.