De 2 a 22 de março de 2015 estarão abertas as inscrições para o Curso de Especialização em Gestão e Políticas Culturais, realizado pelo Itaú Cultural em parceria com a Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Cooperação da Universidade de Girona, da Espanha.

O curso é totalmente gratuito e oferece 40 vagas. Para se inscrever, basta preencher o formulário disponível aqui. E você pode conferir aqui o regulamento completo.

Veja as telas de todas as etapas da inscrição no curso:

Segunda tela de inscrição no Curso de Gestão e Políticas CulturaisTerceira tela de inscrição no Curso de Gestão e Políticas CulturaisQuarta tela de inscrição no Curso de Gestão e Políticas CulturaisQuinta tela de inscrição no Curso de Gestão e Políticas CulturaisEduardo Saron,Teixeira Coelho e Alfons Martinell, em uma edição anterior do Curso de Gestão e Políticas Culturais

Os critérios de seleção são: estar vinculado profissionalmente a uma instituição cultural, pública ou privada; ter atuação comprovada de três anos, no mínimo, em instituição cultural pública ou privada; ser formado preferencialmente nas áreas de ciências humanas ou ciências sociais aplicadas; e apresentar carta da instituição onde trabalha com o compromisso de ser liberado para realizar as aulas presenciais.

Os candidatos também passam por uma análise do currículo e do ensaio pessoal, e é necessário conhecimento do idioma espanhol para acompanhamento do curso (leitura e compreensão oral).

O resultado será divulgado no dia 22 de junho de 2015, também aqui no site do instituto.

O curso

É a sétima vez que o Itaú Cultural oferece o curso. Dirigido pelo professor doutor José Teixeira Coelho Netto (Itaú Cultural) e pelo professor doutor Alfons Martinell Sempere (Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Cooperação da Universidade de Girona), o programa conta com um corpo docente formado por professores do Brasil e do exterior.

A proposta do Itaú Cultural é criar condições para uma formação continuada em política e gestão culturais, abordando a gestão cultural não como uma sucessão de atos rotineiros de administração, mas como conjuntos de iniciativas inovadoras e a tomar para que os destinatários da ação cultural inventem seus próprios fins culturais.

Serão objeto de estudo e de abordagem os seguintes tópicos:
- a cultura e a teoria da cultura: conceitos fundamentais, novas abordagens, a cultura que é objeto da política cultural;
- a política cultural: história, fundamentos, política cultural comparada;
- a instituição cultural: tipos, problemas, soluções;
- ação cultural: modalidades, metodologia, melhores práticas.

A estrutura conta com cinco módulos presenciais (96 horas/aulas) e quatro de estudo a distância. O aluno deve ter no mínimo 80% de assiduidade.

As aulas presenciais acontecem em 2015 e em 2016, todas na sede do Itaú Cultural, em São Paulo: dias 24, 25 e 26 de setembro, 11 e 12 de dezembro, 26 e 27 de fevereiro, 29 e 30 de abril, e 23, 24 e 25 a de junho.

Já o estudo a distância consiste em quatro disciplinas desenvolvidas em plataforma virtual própria, nos intervalos dos encontros presenciais, mediante sugestão de reflexão do professor responsável, com apoio de tutoria especialmente preparada.

No final do curso, é exigido um trabalho de conclusão de 15 laudas, a ser entregue aproximadamente dois meses depois do último módulo presencial. A Universidade de Girona outorgará um certificado de conclusão do curso correspondente ao Diploma de Postgrado en Gestión y Políticas Culturales; no entanto, o credenciamento do título oficial da Espanha não é automático, pois o Brasil não está entre os países que firmaram o Convênio de Haia de Cooperação Educativa.