Além da Agenda

A trajetória internacional de A Paixão de JL

1 de fevereiro de 2017

Lançado em 2015, o filme A Paixão de JL foi dirigido pelo documentarista Carlos Nader e retrata um período da vida do artista visual José Leonilson (1957-1993). Ganhador de premiações no festival É Tudo Verdade e no Mix Brasil de Cultura e Diversidade, o longa trilha também um caminho internacional.

Depois de ganhar o prêmio de Melhor Longa-Metragem pelo Festival Ibero-Americano de Cinema de Sergipe (Curta-SE), em 2016 participou do Festival Internacional de Programas Audiovisuais, na França. Em janeiro de 2017, foi um dos indicados na categoria de Melhor Diretor de Documentário do 7th Annual Cinema Tropical Awards ao lado de produções mexicanas e chilenas.

A Paixão de JL - frame

Produzido pelo Itaú Cultural, A Paixão de JL foi realizado a partir de um diário em fitas cassete deixado pelo pintor, desenhista e escultor Leonilson. Nelas são encontradas reflexões e memórias que, a princípio, seriam transformadas em um livro.

Carlos Nader adaptou os áudios para o formato de um documentário, mas conta que sente que o projeto pode ser enxergado como uma parceria com o artista, em razão do prévio interesse em divulgar o material. O diretor conversou com o Fala com Arte sobre os processos do filme, veja a entrevista completa aqui.

Comentários


veja também

Vídeo

Paulo Cursino – Encontros de Cinema (2015) – parte 2/2

O roteirista Paulo Cursino fala sobre as principais diferenças entre comédia e outros gêneros. Para ele, o ponto crucial é [+]

Vídeo

Juca de Oliveira – Ocupação Person (2016)

O ator e dramaturgo Juca de Oliveira, dirigido por Luiz Sergio Person em O Caso dos Irmãos Naves (1967), destaca [+]

Vídeo

Como reagir a um contexto de incertezas? – Entreolhares (2016)

O Entreolhares – programa de formação em artes visuais do Itaú Cultural – realizou em outubro de 2016, em parceria [+]