Além da Agenda

Umberto Magnani * 1941 – 2016

27 de abril de 2016

Nesta quarta-feira, 27 de abril, faleceu no Rio de Janeiro (RJ) o ator Umberto Magnani. Aos 75 anos, ele participava da novela Velho Chico, da Rede Globo, como o personagem Padre Romão.

Nascido em Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, o ator iniciou sua carreira em 1965, ao ingressar na Escola de Arte Dramática (EAD) paulista. Seus primeiros papéis foram no teatro. Chegou a ser dirigido por Antunes Filho em A Falecida (1965), de Nelson Rodrigues, e por Augusto Boal na peça Primeira Feira Paulista de Opinião (1968), no Teatro Arena. Destacou-se em O Santo Inquérito (1977), de Dias Gomes, sob direção de Flávio Rangel, e em Lua de Cetim (1981), de Alcides Nogueira, dirigido por Marcio Aurelio, num papel que lhe rendeu o Trófeu Mambembe e o Prêmio Molière naquele ano.

Em mais de 30 anos de carreira na televisão, atuou em novelas de diversas emissoras. Participou da primeira versão de Mulheres de Areia (1973), da antiga TV Tupi, e integrou o elenco de obras como Por Amor (1997), Laços de Família (2000), Alma Gêmea (2005) e Páginas da Vida (2006), todas da Rede Globo. De 2006 ao início deste ano, participou de produções do SBT e da Rede Record.

Nas artes cênicas, Magnani foi também produtor de teatro – seu primeiro trabalho foi o espetáculo Palhaços (1971), com direção de Emílio di Biasi e baseado em texto de Timochenco Wehbi – e atuou intensamente de forma didática, política e administrativa nessa área.

Saiba mais na Encliclopédia Itaú Cultural.

Comentários