testeiras_blog-rumos_960x80

Longa-metragem “Rifle” recebe premiações após estreia

18 de novembro de 2016

O filme Rifle, contemplado pelo programa Rumos 2013-2014, recebeu a premiação de Melhor Longa pelo Júri Oficial do Panorama Internacional Coisa de Cinema. A organização do evento avaliou cerca de 1.200 produções, de diversos países.

Realizado pela Tokyo Filmes – produtora criada em 2009 pelos amigos Bruno Carboni, Davi Pretto, Paola Wink e Richard Tavares –, o longa a princípio tinha o nome Até o Caminho. Lançado em setembro, Rifle abriu o Festival de Brasília e nele faturou os prêmios de Melhor Roteiro e Melhor Som; também foi contemplado como Melhor Filme no Prêmio Abraccine (da Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

O enredo conta a história de Dione, morador de uma região rural bastante pacata, até que um fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade onde o jovem mora com a família. O cenário natural explorado pelo diretor da obra, Davi Pretto, mostra diversas paisagens dos pampas.

Ainda em novembro, o longa ganhou também o Prêmio Destaque no festival gaúcho Cine Esquema Novo. A justificativa do júri ressalta: “Distante dos esquemas tradicionais dos filmes bombacha e chimarrão, mas percorrendo o mesmo cenário pampiano, não se entrega às facilidades narrativas ao acompanhar as inquietações de um personagem à margem do heroísmo”.

A produção é a segunda da Tokyo Filmes e, apesar de ficcional, apresenta um aspecto documental. Saiba mais aqui.

Confira abaixo o teaser do filme.

 

 

Comentários


veja também

Vídeo

Ciclo de Filmes – É tudo Verdade (2017)

Amir Labaki, fundador e diretor do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, apresenta a programação exclusiva de filmes [+]

Blog

Projeto incentiva a partilha de saberes gastronômicos

Em 2016, a cozinha da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que era usada em oficinas [+]

Vídeo

Mauro Giorgetti – Ocupação Person (2016)

O músico Mauro Giorgetti fala do espetáculo Orquestra de Senhoritas (1974) e de como se envolveu com a montagem – [+]