testeiras_blog-rumos_960x80

Projeto de educação patrimonial faz itinerância por Alagoas

7 de novembro de 2016

Fortalecer a visão do alagoano sobre sua terra e sua riqueza cultural é o principal objetivo do projeto Narrativas em Movimento, do Grupo Núcleo Zero – um dos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2015-2016. A ação, que tem início no dia 10 de novembro, é realizada a partir de um veículo adaptado com um pequeno estúdio audiovisual que projetará as narrativas do povo em espaços públicos e prédios históricos.

O projeto passa por seis cidades de Alagoas: Marechal Deodoro, União dos Palmares, Piranhas, Penedo, e mais dois municípios a definir. Em cada passagem, que dura cerca de cinco dias, o grupo o desenvolve em diversas fases. Primeiro, a população é convidada para enviar fotos, filmes e histórias que revelem um pouco de sua relação com a cidade. Depois, é a vez de os moradores participarem de uma oficina interativa, na qual serão ensinadas várias técnicas de vídeo e edição, entre elas projeção mapeada, stop motion e animação 2D. Unindo as duas etapas, o material enviado previamente será transformado em micronarrativas animadas, que serão projetadas em prédios e espaços importantes dos municípios.

Simulação da projeção das micro-narrativas em Marechal Deodoro

Simulação da projeção das micro-narrativas em Marechal Deodoro

O documentarista Werner Salles, um dos integrantes da equipe, destaca que Alagoas é um dos estados do país que mais abrigaram episódios históricos importantes, mas que a população não os reconheceu como patrimônio nem desenvolveu um sentimento de pertencimento a uma cultura expressiva. “Tal processo tem efeitos diversos, influenciando, entre outros aspectos, a relação da população com os espaços urbanos e a arquitetura”, diz. “Nessas cidades que visitaremos, muitos moradores não compreendem a necessidade de preservar o patrimônio arquitetônico, muitas vezes perdendo a chance de explorar comercialmente o potencial turístico que uma cidade histórica costuma possuir.”

A itinerância do grupo pelas cidades tem início no dia 10 de novembro – e segue até o fim de janeiro. Fique de olho no calendário das atividades:

Narrativas em Movimento

Marechal Deodoro
Data final: 15 de novembro, Dia da Proclamação da República
Chegada: dia 10 de novembro

Dia 10 (quinta-feira): divulgação do projeto em carro de som e campanha de adesão da comunidade
Dia 11 (sexta-feira): divulgação das oficinas e recolhimento de material, como histórias, fotos, filmes e iconografia
Dias 12 e 13 (sábado e domingo): início das oficinas; separados em três grupos: storytelling, animação 2D e stop motion e projeção mapeada
Dia 14 (segunda-feira): oficina durante o dia e teste de projeção mapeada em um lugar a ser definido
Dia 15 (terça-feira): montagem do evento, com a participação da comunidade para a projeção mapeada final

União dos Palmares
Data final: 20 de novembro, Dia da Consciência Negra
Chegada: dia 16 de novembro

Dia 16 (quarta-feira): divulgação do projeto em carro de som e campanha de adesão da comunidade
Dia 17 (quinta-feira): divulgação das oficinas e recolhimento de material, como histórias, fotos, filmes e iconografia
Dias 18 e 19 (sexta-feira e sábado): início das oficinas; separados em três grupos: storytelling, animação 2D e stop motion e projeção mapeada
Dia 20 (domingo): montagem do evento, com a participação da comunidade para a projeção mapeada final

Piranhas
Data final: 20 de dezembro, vésperas de Natal
Chegada: 16 de dezembro

Dia 16 (sexta-feira): divulgação do projeto em carro de som e campanha de adesão da comunidade
Dia 17 (sábado): divulgação das oficinas e recolhimento de material, como histórias, fotos, filmes e iconografia
Dia 18 e 19 (domingo e segunda-feira): início das oficinas; separados em três grupos: storytelling, animação 2D e stop motion e projeção mapeada
Dia 20 (terça-feira): montagem do evento, com a participação da comunidade para a projeção mapeada final

Penedo
Data final: 10 de janeiro de 2017, Festa de Bom Jesus dos Navegantes
Chegada: 6 de janeiro de 2017

Dia 6 (sexta-feira): divulgação do projeto em carro de som e campanha de adesão da comunidade
Dia 7 (sábado): divulgação das oficinas e recolhimento de material, como histórias, fotos, filmes e iconografia
Dias 8 e 9 (domingo e segunda-feira): início das oficinas; separados em três grupos: storytelling, animação 2d e stop motion e projeção mapeada
Dia 10 (terça-feira): montagem do evento, com a participação da comunidade para a projeção mapeada final

Os locais e as datas das duas últimas itinerâncias ainda não foram definidas.

 

Comentários


veja também

Blog

Projeto incentiva a partilha de saberes gastronômicos

Em 2016, a cozinha da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que era usada em oficinas [+]

Blog

Rumos 2015-2016: A busca por liberdade de Pedro Osmar

por Jullyanna Salles O grupo Jaguaribe Carne, fundado nos anos 1970, lançou um grande nome da música brasileira, Pedro Osmar. [+]

Blog

Longa-metragem “Rifle” recebe premiações após estreia

O filme Rifle, contemplado pelo programa Rumos 2013-2014, recebeu a premiação de Melhor Longa pelo Júri Oficial do Panorama Internacional [+]