Vídeo / Janaína Oliveira – Diálogos Ausentes (2016)

Busca

A pesquisadora Janaína Oliveira explica de que maneira decidiu trabalhar com o cinema como seu tema central e cita a importância do produtor, ator e cineasta Zózimo Bulbul em sua escolha. Também ressalta a relevância de iniciativas como o Fórum Itinerante de Cinema Negro (Ficine), que ela coordena.

Janaína fala da dificuldade de conceituação sobre o que é o cinema negro e faz um breve comentário sobre a história do cinema. No Brasil, destaca o Dogma Feijoada (2000), manifesto elaborado por 13 diretores negros brasileiros e que propõe um debate sobre a representação dos negros no audiovisual. Segundo o manifesto, entre outros elementos, os realizadores e os protagonistas devem ser negros; as temáticas, relacionadas à cultura negra.

Durante o ano de 2016, o Itaú Cultural realizou o evento mensal Diálogos Ausentes, sobre a presença e a obra de artistas negros em diversas áreas de expressão da cultura e da arte brasileiras.

Depoimento gravado em outubro de 2016 no Itaú Cultural, em São Paulo/SP.

Veja mais vídeos da série Diálogos Ausentes aqui.

Créditos
Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente administrativo: Sérgio Miyazaki
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Camila Fink
Entrevista e roteiro: Gabriel Carneiro (terceirizado)
Captação e edição: Belluah Produções

Assuntos: