O cantor e compositor pernambucano Maciel Melo sobe ao palco do Auditório Ibirapuera – acompanhado por uma banda formada pelos músicos Ananias Jr. (guitarra), Bem Te Vi (zabumba), Mongol (baixo), Ortelino (bateria), Zeca Preto (triângulo) e Zezinho (sanfona) – para fazer o show de lançamento do disco OutraTrilha.

O trabalho, que levou cerca de oito anos para ser produzido, traz o lado mais menestrel do artista, em canções – a maioria inédita – que mostram o diálogo da música do sertão pernambucano com o country, além da regravação de “Negro Gato”, versão de Caetano Veloso e Péricles Cavalcanti para a música “It’s All Over Now, Baby Blue”, de Bob Dylan.

“Esse é um álbum que eu queria fazer para mim. Ele é mais intimista; foi feito com muito zelo. Por isso demorou tantos anos”, diz Maciel. “Passei uma boa fase ouvindo e curtindo Bob Dylan, que tem uma influência muito grande na minha obra, desde a minha adolescência. Fiz um disco resgatando coisas de quando eu tinha 20, 25 anos, sem nenhuma pretensão ou pressa.”

No repertório da apresentação, além das novas canções de Outra Trilha, Maciel mostra sucessos de sua carreira – como “Caboclo Sonhador”, “O Velho Arvoredo”, “Dama de Ouro” e “Tampa de Pedra” –, até hoje interpretados e gravados por artistas como Elba Ramalho, Fagner, Dominguinhos, Renato Teixeira e Zé Ramalho.

Maciel explica que a escolha do título do disco se deu porque esse é um trabalho um pouco diferente dos demais. “Eu tentei fazer uma música menos regional e mais universal. Tem o meu sotaque, a minha marca, a minha personalidade, mas ele é bem diferente de tudo o que produzi até hoje”, fala o cantor. “Nós temos de acompanhar o momento, a ligeireza da tecnologia, mas sem nos omitir, sem perder a identidade, o sotaque e colocando no trabalho a nossa originalidade e personalidade. Isso precisa ser mantido vivo.”

O artista, que recentemente integrou o elenco da novela Velho Chico (Rede Globo), interpretando um cantador que pontuava a trama com canções, ao lado do amigo e parceiro musical Xangai, conta que a nova experiência foi muito interessante e, ao mesmo tempo, acabou revelando um pouco de sua própria trajetória.

“Quando me convidaram para participar, avisaram que eu iria interpretar um cantador e que o tema era o Velho Chico [o Rio São Francisco]. Ou seja, estaria, de certa forma, representando a mim mesmo, até porque a minha obra inteira é margeada no Rio Pajeu [localizado no alto sertão de Pernambuco] e no São Francisco”, explica Maciel. “Então, quando cheguei lá, já estava familiarizado com o tema da trama. Além disso, tinha ao meu lado o amigo Xangai.”

Maciel Melo
domingo 27 de agosto de 2017
às 19h
[duração aproximada: 90 minutos]

ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

[livre para todos os públicos]

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site Ingresso Rápido, em seus pontos de venda e pelo telefone 11 4003 1212. Também estão à venda na bilheteria do Auditório Ibirapuera, nos seguintes horários:
sexta e sábado das 13h às 22h
domingo das 13h às 20h

 

Veja também
Highlight large fabiana cozza por kriz knack

Fabiana Cozza

A cantora faz o show de lançamento do disco Ay amor!
onde: Auditório Ibirapuera