Explanação do imunologista brasileiro Nelson Monteiro Vaz na mesa "Seres Humanos, Reflexões e Máquinas", do Simpósio Emoção Art.ficial 3.0, realizado em 2006 no Itaú Cultural. Participou também do debate a artista francesa France Cadet. O encontro foi pautado pelas similaridades entre um organismo vivo, com seu complexo sistema imunológico, e o funcionamento de máquinas, igualmente complexas.

A fala de Vaz abordou os processos do sistema imunológico – entre os quais a capacidade de rejeitar ou não organismos estranhos ao corpo –, entendidos por muitos como inteligentes. Uma das conclusões apresentadas pelo cientista aponta para a ideia de que “a inteligência do sistema imunológico está em nossas percepções”.