O estudo traz uma análise das características do emprego formal cultural a partir de dados dos Registros Administrativos de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, proporcionando uma idéia das dimensões e potenciais das práticas de produção e circulação cultural, sobretudo sob a ótica de sua importância econômica.

Obs: O link desta pesquisa pertence à públicação completa disponível no site do IPEA. Esta pesquisa é referente ao capítulo 4 - O Emprego formal em atividades culturais em 2002, p. 113.
Brasil. MinC (Ministério da Cultura)
Brasília - DF
Ano: 2002
O estudo traz uma análise das características do emprego formal cultural a partir de dados dos Registros Administrativos de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, proporcionando uma idéia das dimensões e potenciais das práticas de produção e circulação cultural, sobretudo sob a ótica de sua importância econômica.

Obs: O link desta pesquisa pertence à públicação completa disponível no site do IPEA. Esta pesquisa é referente ao capítulo 4 - O Emprego formal em atividades culturais em 2002, p. 113.