Muito prazerosas e produtivas, as visitas educativas da Ocupação Zuzu propuseram caminhos diferentes, cruzaram, intrigaram e encantaram. Com o tema Moda e Ditadura, o encontro causou deslumbre, principalmente nas crianças, e choque, em adolescentes e adultos, diante da atualidade das roupas produzidas pela estilista e da descoberta de um passado político ainda obscuro.


As visitas apontaram para diversas possibilidades, mas sobretudo trouxeram para o debate a importância da política. No auge do sucesso, Zuzu direcionou sua vida e sua obra pela verdade sobre o desaparecimento do filho – Stuart Angel Jones, torturado e morto pela ditadura militar aos 26 anos. A estilista costurou, assim, arte e política.

Além disso, quando Zuzu Angel opta por cores, texturas, estampas e tecidos brasileiros, à revelia de regras ditadas por quem copiava moda, ela assume uma posição política. É nesse espaço que as visitas aconteceram. Os resultados dos percursos foram fecundos, na medida em que despertaram o senso crítico do público, revelaram um pouco da importância das histórias e instigaram os visitantes a pensar em como a moda fala sobre a personalidade das pessoas.

Esperamos que as visitas não tenham sido somente experiências pontuais e agradecemos profundamente a todos que passaram pela exposição e compartilharam conosco suas experiências e histórias de vida!

E você, participou de alguma visita educativa?

Conte para nós como foi!