Ocupação

O primeiro bloco afro do Brasil, Ilê Aiyê, traz seu axé de cura e encanto para a Avenida Paulista e faz da 42ª Ocupação Itaú Cultural um grito de resistência contra os desmandos históricos que oprimem a liberdade e a majestade que habita dentro de cada pessoa.

Neste caso, os negros – os descendentes dos africanos escravizados durante os três séculos de Brasil colônia e império, cujas consequências persistem até hoje no desequilíbrio social e em ideias racistas que negam à maioria da população (que é negra) o acesso aos comandos, aos locais de fala e de decisão.

Foi com luz, sabedoria e beleza que o Ilê Aiyê teceu sua resposta, seu manto de orgulho e glória. Em 1974, sob a inspiração da líder religiosa Hilda Dias dos Santos (Salvador, 1923-2009), Mãe Hilda Jitolu, e atuação de seu filho Antonio Carlos dos Santos Vovô (Salvador, 1952), surgiu o bloco, com apoio e força de Apolônio, Dete, Vivaldo, Ana Meire, Sergio Roberto, Jailson, Lili, Macalé, Eliete Celestino, Joevandro, Maria Auxiliadora e de muito mais gente da comunidade que vivia próxima à ladeira do Curuzu, no bairro da Liberdade, periferia de Salvador (BA).

Eram tempos de supressão de liberdades individuais, quando ser negro era (e é) resistir. Usar o cabelo trançado, ostentar símbolos da negritude era mal visto, associado à marginalidade, reprimido pela polícia. Mas o Ilê Aiyê saiu às ruas durante o Carnaval cantando que ser crioulo doido era (e é) bem legal.

Hoje, o bairro se chama Curuzu, o Ilê Aiyê é uma marca de sucesso, conhecida internacionalmente, e o que esteve por trás desses carnavais segue sólido: a ação afirmativa da raça e o projeto de pesquisa e informação sobre o valor dos povos de origem africana e suas reverberações pelo tempo e espaço, na poesia, na música, na dança, no vestuário e em outros costumes que unidos formam a cultura e a espiritualidade do mundo negro.

O programa Ocupação Itaú Cultural resgata trajetórias artísticas fundamentais à percepção do Brasil em um conjunto de ações – exposição, site e publicação impressa –, a partir de pesquisas em documentos, registros de processos criativos e outras fontes de informação que constituem a memória viva que o instituto persegue para oferecer ao seu público como ferramenta para fruição do presente que vivemos.

Itaú Cultural


Ficha técnica

 

concepção e realização Itaú Cultural
curadoria Itaú Cultural e Ilê Aiyê
consultoria Sueli Carneiro e Val Benvindo
cenografia Renato Carneiro
expografia Érica Pedrosa, Henrique Soares e Renato Carneiro
desenho técnico Heloísa Vivanco e Natiely Santos
pesquisa Itaú Cultural
intervenções da fachada Jota Cunha

ITAÚ CULTURAL
presidente Milú Villela
diretor-superintendente Eduardo Saron
superintendente administrativo Sérgio M. Miyazaki

NÚCLEO DE MÚSICA
gerência Edson Natale
coordenação Andréia Schinasi
pesquisa e produção-executiva Vinícius Murilo

NÚCLEO DE AUDIOVISUAL E LITERATURA
gerência Claudiney Ferreira
coordenação de conteúdo audiovisual Kety Fernandes Nassar
produção audiovisual, pesquisa e roteiro Roberta Roque
captação de imagens André Seiti, Nove Noventa e Richner Allan
roteiro, edição e pesquisa Richner Allan
captação de som Tomás Franco (terceirizado)

NÚCLEO DE COMUNICAÇÃO E RELACIONAMENTO
gerência Ana de Fátima Sousa
coordenação de conteúdo Carlos Costa
produção e edição de conteúdo Carlos Costa, Fernanda Castello Branco e Jullyanna Salles
redes sociais Jullyanna Salles e Renato Corch
supervisão de revisão Polyana Lima
revisão Karina Hambra e Rachel Reis (terceirizadas)
consultoria de design Luciana Orvat
comunicação visual Itaú Cultural com ilustrações de Jota Cunha e Mundão
edição de imagens André Seiti e Gabriel Lopes (estagiário)
produção editorial Luciana Araripe e Pamela Rocha Camargo
pesquisa e produção executiva Simoni Barbiellini
direção de arte e fotografia Arthur Costa
pesquisa Karina Araújo (textos de apoio), Liliane Braga e Petrônio Domingues (linha do tempo)

CENTRO DE MEMÓRIA, DOCUMENTAÇÃO E REFERÊNCIA
gerência Tatiana Prado
coordenação Eneida Labaki
digitalização de documentos Laerte Fernandes

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E RELACIONAMENTO

gerência Valéria Toloi
coordenação de atendimento e formação Samara Ferreira
equipe Amanda Freitas, Andressa Santos Menezes (estagiária), Antonio Tallys (estagiário), Caroline Faro, Edinho dos Santos, Edson Bismark, Elissa Sanitá (estagiária), Gabriela Lourenzato (estagiária), Lívia Moraes (estagiária), Lucas Cardoso dos Santos (estagiário), Luísa Saavedra, Maria Luisa Ramirez, Mariane Souza (estagiária), Monique Rocha (estagiária), Raphael Giannini, Roberta Suzi Correia (estagiária), Sidnei Junior, Tayna Maria Santiago da Silva (estagiária), Thiago Borazanian, Victor Soriano, Vinícius Magnum e Vitor Luz

NÚCLEO DE INFRAESTRUTURA E PRODUÇÃO DE EVENTOS

gerência Gilberto Labor
coordenação Vinícius Ramos
produção Agenor Neto, Érica Pedrosa, Fábio Marotta, Heloísa Vivanco (terceirizada), Natiely Santos (estagiária), Thayná Casasola (terceirizada) e Wanderley Bispo
consultoria de som Bruno Buarque
consultoria de acessibilidade Viviane Sarraf

 

AGRADECIMENTOS

Moradores do Cuzuru, TVE Bahia, Ilê Aiyê, Jota Cunha, Val Benvindo, Antonio Carlos dos Santos Vovô, Vivaldo Benvindo, Arany Santana, Margareth Menezes, Dete Lima, Hildelice dos Santos, Luiza dos Santos, Sandro Teles, Iana Marucha, Daniela Mercury, Maria de Lourdes Siqueira, Paulinho Camafeu, Kehindê Boa Morte, Criolo, Sueli Carneiro, Renato Carneiro, Rita Maia, Mundão, Macalé, Jéssica Nascimento e Mirinha.