Ocupação

O Itaú Cultural apresenta a segunda edição do projeto Ocupação, dedicada ao diretor, autor e ator teatral Zé Celso. Criado para fomentar o diálogo da nova geração de artistas com os criadores que os influenciaram, Ocupação integra o trabalho perene do instituto, formado por, entre outras, ações de incentivo à produção contemporânea e de preservação da memória artística. Nesse aspecto, destacam-se as enciclopédias abrigadas no site itaucultural.org.br, que disponibilizam dados biográficos, imagens, vídeos e textos analíticos sobre profissionais das artes visuais, do teatro, do cinema, da literatura e das artes tecnológicas.

Transgressão, inovação, experimentação e subversão podem ser alguns dos adjetivos a qualificar a obra de Zé Celso, um dos nomes mais importantes do teatro brasileiro. Em mais de 50 anos de atuação intensa na cena teatral, o diretor assinou, à frente do Teatro Oficina, montagens revolucionárias como O Rei da Vela, de Oswald de Andrade, em 1967, um dos emblemas do tropicalismo; ou ainda Os Sertões, baseada na obra homônima de Euclides da Cunha e encenada pelo Oficina a partir de 2002.

A exposição é uma oportunidade para que vários perfis de público tomem contato com o artista por meio de cenários, vídeos, filmes, projeções, fotos, cartazes, lambe-lambes. É também um espaço para que a instituição direcione sua ação educativa para o aprofundamento e a compreensão do papel de artistas como Zé Celso.

Além do teatro, Ocupação vai apresentar, neste ano, um artista referencial na literatura. A próxima edição será protagonizada por Paulo Leminski, poeta, romancista, letrista e tradutor.

Itaú Cultural


Curadoria

Elaine Cesar e Marcelo Drummond

 

Projeto expográfico

Elaine Cesar

 

Cenografia e arte

Rafael Ghirardello

 

Vídeo

Jair Molina Jr.

 

Música

Guilherme Calzavara e Otávio Ortega

 

Iluminação

Arnaldo Mesquita

 

Produção de imagem

Cassandra Mello

 

Pesquisa

Solange Santos e Valério Peguini

 

Apoio gráfico

Rafael Gonçalves