0 texto

A Orquestra Brasileira do Auditório (OBA) – composta de 25 jovens músicos – sobe ao palco para mostrar um repertório de composições de estilos diferenciados na música popular brasileira, de nomes como Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Dona Ivone Lara, Pixinguinha e Dominguinhos e sob a regência do maestro e arranjador Edson José Alves.

Orquestra Brasileira do Auditório (OBA)
sábado 23 de junho de 2018
às 21h
[duração aproximada: 90 minutos]

Entrada gratuita [os ingressos serão distribuídos na bilheteria do Auditório, uma hora e meia antes da apresentação. Limite de dois ingressos por pessoa. Sujeito à lotação da casa].

[livre para todos os públicos]

 

Veja também
Highlight large cia dos comuns candaces 01 foto ier c3 8a ferreira

A cena negra em foco

O chamado teatro negro brasileiro nasceu da conscientização de que a ausência de negros e negras nos palcos não era uma questão individual, pessoal, de incapacidade, mas estrutural e coletiva. Para problemas coletivos, soluções coletivas