Ao acompanhar a gravação de um disco de Pedro Osmar, Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques tiveram a ideia de aprofundar uma pesquisa sobre a carreira do cantor e fazer um documentário. Com materiais restaurados, imagens feitas pelo próprio artista e filmagens realizadas com uma câmera 35 milímetros, a produção Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista foi contemplada pelo programa Rumos 2015-2016  e exibida no In-Edit Brasil em setembro.

Pedro Osmar, ao lado do irmão, Paulo Ró, fez parte do grupo Jaguaribe Carne – fundado nos anos 1970. Sua carreira, porém, não se limita ao campo musical. Militante, poeta, cineasta e artista plástico, o paraibano tem uma atuação extensa e acredita no potencial da cultura como ferramenta transformadora.

Cena do documentário documentário "Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista"
Cena do documentário documentário "Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista"
Cena do documentário documentário "Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista"

 

Até o momento, já foram divulgadas cinco datas de exibição do documentário em novembro. No dia 1º, Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista participará do festival Se Rasgum em Belém, Pará. O Mimo Festival adicionou o longa nas edições do Rio de Janeiro, no dia 13, e em Olinda, no dia 18.

Haverá também duas exibições independentes de festivais. No dia 17 de novembro, o Cine Banguê, da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), realiza uma sessão do filme em João Pessoa. Em Natal, a obra de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques será projetada no Instituto Federal do Rio Grande do Norte no dia 24. Ambas serão gratuitas. Para acompanhar a forma de retirada de ingressos e horários, fique de olho na Fanpage do documentário, aqui.