eventos

É Tudo Verdade 2017

Cena do filme O Esquecimento (Im)Possível, do argentino Andrés Habegger, que integra a Competição Latino-Americana do festival (Foto: divulgação)

>>>ATENÇÃO: AS EXIBIÇÕES DO DIA 28 DE ABRIL FORAM ADIADAS<<<

Considerando a greve geral programada para o dia 28 de abril, que impactaria na mobilidade de nossos convidados e da plateia, decidimos adiar as exibições.

Os novos horários são: Perón, Meu Pai e Eu será exibido no sábado, 29 de abril, às 14h, e O Esquecimento (Im)Possível será exibido no domingo, 30 de abril, às 14h. Consulte o site do festival para checar possíveis novas mudanças de horário.

Entre os dias 26 e 30 de abril, o Itaú Cultural recebe parte da programação deste ano do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários. Os filmes que serão exibidos no instituto integram diferentes competições do evento: a Internacional, a Brasileira e a Latino-Americana.

Esta é a primeira vez que o festival promove a Competição Latino-Americana – até então, essas obras eram apresentadas em uma mostra não competitiva. O trabalho vencedor da seleção – que conta com produções da Argentina, do Brasil, do Chile, da Colômbia e do México – será exibido no dia 30, também no Itaú Cultural.

Saiba mais na aba Programação.

>> Além dos filmes exibidos na sede do Itaú Cultural, cinco documentários focados na trajetória de importantes artistas brasileiros podem ser conferidos no site do instituto. Saiba mais aqui.

É Tudo Verdade 2017
quarta 26 a domingo 30 de abril de 2017

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: duas horas antes do espetáculo | com direito a um acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[verifique a classificação indicativa de cada sessão na aba Programação]

  • 26
    • /Competição Internacional – longas-metragens

      Quarta-Feira - 17:00

      No Exílio: um Filme de Família (Juan Francisco Urrusti, México, 124 min, 12 anos)
      O cineasta Juan Francisco Urrusti resgata a memória de sua família, sobrevivente da Guerra Civil Espanhola e que se refugiou no México em 1939.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 26
    • /Competição Latino-Americana – longas-metragens

      Quarta-Feira - 20:00

      Los Niños (Maite Alberdi, Chile, 83 min, 12 anos)
      Um grupo de amigos com síndrome de Down, na faixa dos 50 anos, encara um momento de mudança. Eles sonham em encontrar um trabalho, ter uma vida independente e formar família, mas têm pela frente o preconceito da sociedade e outros obstáculos para a realização de seus projetos de vida.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 27
    • /Competição Brasileira – longas-metragens

      Quinta-Feira - 17:00

      Cidades Fantasmas (Tyrell Spencer, Brasil, 70 min, 10 anos)
      O filme explora os vestígios do passado próspero de quatro cidades latino-americanas: Humberstone, no Chile; Fordlândia, no Pará; Armero, na Colômbia; e Villa Epecuén, na Argentina.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 209 lugares

  • 27
    • /Competição Latino-Americana – longas-metragens

      Quinta-Feira - 20:00

      Atentamente (Camila Rodríguez Triana, Colômbia, 80 min, 12 anos)
      No ambiente despojado de uma residência de idosos, Libardo e Alba começam a viver uma história de amor. A partir da descoberta de seus sentimentos, tudo o que pensam é em estar juntos. Torna-se uma obsessão para eles encontrar formas de juntar dinheiro que lhes permita pagar uma noite num hotel para que desfrutem de uma intimidade impossível na instituição. Ao mesmo tempo, têm de lidar com suas próprias fragilidades e hesitações.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 29
    • /Competição Internacional – longas-metragens

      Sábado - 14:00

      Perón, Meu Pai e Eu (Blas Eloy Martínez, Argentina, 80 min, 12 anos)
      O escritor e jornalista argentino Tomás Eloy Martinez realizou, há 45 anos, uma mítica entrevista com o ex-presidente Juan Domingo Perón. Depois da morte do autor, em 2010, seu filho Blas recupera as gravações da conversa e dá início a um mergulho não só na história de seu país, mas também em sua própria trajetória, à procura de explicações sobre o seu distanciamento emocional do pai.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 29
    • /Competição Brasileira – curtas-metragens

      Sábado - 17:00

      A sessão traz as seguintes obras:
      Improviso Ambulante (Leandro Aragão, Brasil, 19 min, livre)
      A Lembrança que Eu Gosto de Ter (Filipe Carvalho, Brasil, 28 min, livre)
      Manual (Letícia Simões, Brasil, 7 min, livre)
      Candeias (Reginaldo Farias e Ythallo Rodrigues, Brasil, 20 min, livre)

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 204 lugares

  • 29
    • /Competição Latino-Americana – longas-metragens

      Sábado - 20:00

      Ruínas Seu Reino (Pablo Escoto, México, 65 min, livre)
      Colocando-se em um pequeno barco de pesca, o diretor Pablo Escoto compartilha o cotidiano de pescadores que extraem seu sustento das águas do Golfo do México. Em ritmo de ensaio poético, o filme retrata condições de trabalho fisicamente exaustivas, mas também momentos de contemplação de intensa beleza, passados entre o céu e o mar.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 30
    • /Competição Latino-Americana – longas-metragens

      Domingo - 14:00

      O Esquecimento (Im)Possível (Andrés Habegger, Argentina/Brasil/México, 86 min, 12 anos)
      O cineasta argentino Andrés Habegger realiza uma viagem pessoal em busca de memórias e informações sobre seu pai, Norberto Habegger, jornalista e militante montonero desaparecido no Brasil, em 1978, numa operação conjunta entre militares argentinos e brasileiros.

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

  • 30
    • /Competição Brasileira – curtas-metragens

      Domingo - 17:00

      A sessão traz as seguintes obras:
      Festejo Muito Pessoal (Carlos Adriano, Brasil, 9 min, livre)
      Cópia Própria (Ian Schuler, Brasil, 14 min, livre)
      Se Você Contar (Roberta Fernandes, Brasil, 29 min, 12 anos)
      Bênção (Guilherme Reis e Marcelo Reis, Brasil, 18 min, livre)
      Boca de Fogo (Luciano Pérez Fernández, Brasil, 9 min, livre)

      Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 199 lugares

  • 30
    • /Competição Latino-Americana – longas-metragens

      Domingo - 19:00

      A sessão apresenta o longa vencedor da competição.