eventos

Ocupação Vilanova Artigas

Um dos maiores arquitetos da nossa história e a sua atuação múltipla: profissional, educador, militante em política e cultura (Foto: Cristiano Mascaro)

O que significa pensar a arquitetura a partir de uma ótica humanista? O trabalho e a vida de João Batista Vilanova Artigas – arquiteto, professor, militante político e articulador de instituições culturais – são uma resposta a essa pergunta. Alinhado à comemoração do seu centenário de nascimento, o programa Ocupação enfoca a sua trajetória, de 24 de junho a 9 de agosto, no Itaú Cultural, em São Paulo.

Veja também:

>> Ocupação Artigas: Encontros
>> Próxima Parada: Vilanova Artigas
>> Mais de Artigas

Essencial para o urbanismo brasileiro e prestigiado internacionalmente, Artigas tinha como base a convicção de que a arquitetura tem uma função social e de que a profissão nasce do vínculo entre arte e técnica – um projeto, um “desenho”, é tanto funcional quanto expressivo. Além disso, preocupava-se com a integração das construções com a cidade – não deveriam se isolar, mas dialogar com ela.

Engajado, era militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Por essa atuação, foi exilado pela ditadura de 1964 e perdeu o cargo de professor na Universidade de São Paulo (USP). Homem da cultura, participou da fundação e da organização de instituições como o Museu de Arte Moderna (MAM) e a seção paulista do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/SP). Educador, defendia – quando o curso ainda era ligado ao de engenharia – uma formação específica e multidisciplinar para o aluno de arquitetura.

Encontros e 43 projetos em livro

A exposição reúne desenhos, plantas e manuscritos originais do arquiteto. Vídeos e documentos de época contextualizam o seu percurso e oferecem um panorama da sua produção arquitetônica. Na programação paralela, ocorrem ainda encontros, lançamento de livros, atividades educativas e eventos dedicados a crianças e a toda a família.

Os encontros acontecem às quartas, sempre às 20h. Os arquitetos Paulo Mendes da Rocha – em 1º de julho – e Nabil Bonduki – em 8 de julho – tratam dos aspectos principais do pensamento de Artigas. Em 22 de julho, o desenhista Luiz Gê – que também é formado em arquitetura – conversa sobre as relações entre essa área e os quadrinhos. Já em 29 de julho, o músico Jorge Mautner relembra a convivência com o homenageado desta Ocupação (saiba mais sobre os encontros).

No dia 1º, às 21h, também será realizado o lançamento do livro Vilanova Artigas, de Rosa Artigas, filha do arquiteto, e Marco Artigas, o seu neto. A obra analisa 43 projetos – entre construídos e inéditos – que permitem uma discussão de fôlego a respeito do percurso de Artigas, com base em cinco anos de pesquisa no acervo do autor.

Atividades educativas

Você também pode conhecer em pessoa as obras do homenageado. O Próxima Parada: Artigas oferece passeios ao Edifício Louveira, à Casa Rubens de Mendonça, ao Conjunto Habitacional Cecap, à Casinha, à Casa do Arquiteto, ao Colégio 12 de Outubro e à Casa Elza Berquó. Os percursos ocorrem nos sábados 11, 18 e 25 de julho, a partir das 10h, com inscrições abertas quatro dias antes de cada saída. Saiba mais na matéria.

Para aprofundar a descoberta das convicções e realizações de Artigas, ainda ocorre o ciclo Mais de Artigas, em que o público dialoga com os educadores do Itaú Cultural, de forma descontraída, sobre a temática da Ocupação. Esses eventos acontecem nos domingos 28 de junho, 5, 12, 19 e 26 de julho, 2 e 9 de agosto. Outras informações, aqui.

Eventos para toda a família

O sábado 11 de julho conta com outro lançamento: o infantil A Mão Livre do Vovô, de Michel Gorski e Silvia Zatz. Os autores criaram uma narrativa sobre desenhos que Artigas fazia para os seus netos, inventando histórias com eles e incentivando-os a criar figuras também. O evento começa às 14h30, com uma contação de histórias baseada na obra, feita pela atriz Ana Luísa Lacombe, e segue até as 16h. A contação de histórias acontece também no domingo 12 de julho, com os mesmos horários.

No mesmo fim de semana, 11 e 12 de julho, ocorre por fim a oficina Casa de Ideias – Desenhos Artigas, na qual as crianças farão um brinquedo baseado nos desenhos infantis usando madeira, plástico, motores, fios, botões e outros materiais. São 40 vagas, com inscrições a partir das 13h30. A atividade será realizada das 14h às 15h30.

Ocupação Vilanova Artigas

Visitação
quarta 24 de junho a domingo 9 de agosto
terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h

Encontros
sempre às 20h
Sala Itaú Cultural

Paulo Mendes da Rocha
quarta 1 de julho

Nabil Bonduki
quarta 8 de julho

Luiz Gê
quarta 22 de julho

Jorge Mautner
quarta 29 de julho

Gratuito – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

Lançamentos

Vilanova Artigas, de Rosa e Marco Artigas
quarta 1 de julho
às 21h

A Mão Livre do Vovô, de Michel Gorski e Silvia Zatz
com contação de histórias por Ana Luísa Lacombe
sábado 11 de julho
às 14h30

A contação de histórias ocorre também no domingo 12 de julho

Oficina Casa de Ideias – Desenhos Artigas
sábado 11 e domingo 12 de julho
das 14h às 15h30

40 vagas – Inscrições com meia hora de antecedência