A escritora, poeta e tradutora Josely Vianna Baptista nasceu em Curitiba, no Paraná, mas foi criada no interior do estado. Vez ou outra, de passagem, ela avistava uma paisagem: “Durante anos cruzei os Campos Gerais, em viagens constantes entre o Norte e o Leste do Paraná, avistando – quase sempre através de ensolaradas janelas que o frio embaçava – seus gélidos rios de lajeado correndo entre os prados, aqui e ali uns capões de araucárias concentrando-se em folhedo verde-escuro ao redor de um córrego, e mais ao longe os pétreos afloramentos que evocam ruínas, o prumo áspero das escarpas, embalada pelo rumor dos itararés, cachoeiras e furnas que há milhões de anos conformam essa assombrosa paisagem do Sul do Brasil”.

Josely Vianna Baptista é tradutora, escritora e poeta

Josely Vianna Baptista é tradutora, escritora e poeta

Intrigada por questões como “quem é e o que é próprio de um lugar?” e “como se formou a paisagem na qual nos acostumamos a viver, a caminhar, a nos encontrar?”, Josely retomou as imagens da infância, fixadas em sua mente, e idealizou o projeto digital Na Tela Rútila das Pálpebras, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2013-2014. Bilíngue (português-inglês), o site será lançado no dia 9 de setembro e conta com textos históricos e literários, ensaios fotográficos, desenhos, vídeos e mapas que traçam um panorama da história e das paisagens dos Campos Gerais do Paraná.

Experimentação poético-visual em equipe

Durante os mais de dois anos do projeto, a poeta contou com a colaboração de diversos artistas e pesquisadores. Planejou expedições com a equipe pelas matas, cânions, rios e cachoeiras dos Campos Gerais. Dessas incursões, nasceu todo o conteúdo do site. O artista plástico Guilherme Zamoner, além de colaborar na organização da publicação, cuidou do web design e contribuiu com uma série de desenhos – realizados na região do Cânion do Guartelá e do Parque Estadual de Vila Velha.

Página de abertura do sitePaisagem dos arenitos de Vila VelhaCanyon do Guartelá, nos Campos Gerais paranaensesDesenho de Guilherme Zamoner

A historiadora Vera Regina Vianna Baptista apresenta o Pequeno Glossário Histórico e Geográfico dos Campos Gerais, um complexo mosaico humano, natural e geológico, enquanto o geógrafo Guilherme Vianna Baptista desenha um mapa que revela as várias paisagens naturais da região. Pedro Jerônimo Vianna de Faria colabora com um ensaio fotográfico que realizou ao longo das quatro estações nos Campos e Maria Baptista ilustra o poema Os Poros Flóridos, de Josely, com o vídeo Nada É Imagem, Nada É Miragem. Entre outras participações, há duas contribuições internacionais: a dos poetas Lionel Lienlaf, mapuche, com o poema O Rio do Céu, e José Kozer, cubano, com Dávida, que acompanha o texto poético Fábulas, da própria Josely, na seção central do site.

Saiba mais sobre o projeto, selecionado Rumos 2013-2014, aqui.