Por Camile Busato

O artista visual e músico Manu Maltez criou uma história fantástica para abordar os encontros e desencontros entre as noções de gênero e transgênero, rural e urbano, homem e mulher. E para contá-la elaborou o projeto O Rabequeiro Maneta e a Fúria da Natureza, que se desdobra em um curta-metragem de animação, um disco e um livro ilustrado.

A história se passa na São Paulo dos anos 1970 e narra a trajetória de um rabequeiro que se apaixona por Jezebel, uma das primeiras transexuais a fazer cirurgia de mudança de sexo no Brasil. As aventuras que o músico vive em decorrência dessa paixão fazem com que ele perca sua mão e se transforme no “Rabequeiro Maneta”.

Rumos_projeto O Rabequeiro Maneta e a Fúria da Natureza

 

O rabequeiro (na imagem de cima) e Jezebel, personagens da história criada pelo artista visual e músico Manu Maltez
O rabequeiro (na imagem de cima) e Jezebel, personagens da história criada pelo artista visual e músico Manu Maltez

 

O projeto – realizado com o apoio do Rumos Itaú Cultural – parte de experiências de vida do próprio autor, que há 15 anos se divide entre a Grande São Paulo e o sertão da Bahia, mas também conta com elementos fictícios, fantásticos.

“O Rabequeiro Maneta e a Fúria da Natureza traz em seu bojo a ideia de trânsito, do transitar”, conta Maltez. “O transitar entre as diversas formas de expressão – desenho, música, palavra, cinema –; o transitar entre os gêneros musicais e humanos; e o transitar entre os espaços, a cidade grande e o sertão.”

“Tenho trabalhado há anos com diferentes linguagens artísticas, inicialmente de forma separada, mas, de uns tempos para cá, elas se encontraram”, acrescenta Maltez. “E esse ponto em que elas convergem e se provocam se tornou um universo. Assim, essa história que criei e que estou desenvolvendo em diferentes linguagens é um prosseguimento dessa proposta, dessa perseguição.”

O disco e o livro que compõem o projeto já estão praticamente prontos e devem ser lançados simultaneamente pelo selo Goma Gringa, em abril de 2018. Para gravar o disco, Maltez contou com a parceria dos escritores Marcelino Freire e Lourenço Mutarelli, dos compositores Siba e Vicente Barreto e das cantoras Assucena Assucena, da banda As Bahias e a Cozinha Mineira, e Alessandra Leão.

O próximo passo é a produção do curta-metragem de animação, que revelará a face erótica do conto.

Veja também

Teaser Manu Maltez (2015)

No dia 24 de julho, às 21h, Manu Maltez apresenta O Diabo Era Mais Embaixo, seu filme-espetáculo recém-lançado e que retoma o mito de...
Highlight large 11779800 883570165055457 316951809006382167 o

Rumos 2013-2014: Almofada de Penas

selecionado: Joseph Specker “Três acontecimentos da minha infância influenciaram o surgimento da ideia do projeto: ter crescido em...