No programa 3 da série Rumos Música Homenagem 2010-2012, você ouve as composições dos selecionados Rodrigo de Castro Lopes, Ricardo Stuani e Soraia Drummond.

A edição 2010-2012 do Rumos Música Homenagem teve 112 inscritos e 7 selecionados. Cada inscrito apresentou uma música composta com base nas seguintes referências: Navio Negreiro, de Castro Alves, Só a Esperança Ficou, de Eupídio dos Santos, e Seis Pequenas Peças para Violoncelo, de Rogério Duprat.

Rodrigo de Castro Lopes é músico, bacharel em piano pela Universidade de Brasília (UnB) e engenheiro de áudio e produção pela Berklee College of Music. Teve seis discos indicados ao Grammy em diversas categorias, além de vários prêmios Tim e Rival BR. Já gravou, mixou ou masterizou artistas como Chico Buarque, Cássia Eller, Lulu Santos, Elis Regina, Caetano Veloso, Francis Hime, Chico Pinheiro, Ná Ozzetti, Zimbo Trio, Tom Jobim, Xuxa, Roberto Carlos, Julio Iglesias, Georges Moustaki, Wagner Tiso e Tim Maia.

Ricardo Stuani é músico e educador do Projeto Guri (São Paulo) desde 2009. De 1989 a 1992 integrou o Grupo de Percussão do Instituto de Artes da Unesp (Piap). De 1991 a 1997 fez parte da Orquestra Experimental de Repertório, na qual trabalhou com repertório orquestral e música popular brasileira. Participou da montagem da peça Mistérios Gozosos, de Oswald de Andrade, com direção de José Celso Martinez Corrêa. De 1997 a 1999 morou em Rotterdam, na Holanda, onde cursou no Departamento de Latin Music do Conservatório de Rotterdam. De 1999 a 2008, morou em Portugal, apresentando-se neste e em outros países europeus.

Cantora, compositora e multi-instrumentista, Soraia Drummond forma, com o DJ Raiz, o Dubelétrica – projeto que reúne reggae, música eletrônica e música brasileira. O trabalho produzido pelo duo se baseia em pesquisas desenvolvidas na região Nordeste do Brasil e na Jamaica, onde Soraia residiu de 2007 a 2008, na cidade de Kingston, quando gravou seu primeiro disco. Visite o site de Soraia.

Ouça também:

- Programa 1

- Programa 2

in English

en español

en français