O sétimo programa da série Rumos Música Mapeamento 2010-2012 traz três selecionados: Zé Cafofinho, Cabruêra e Eddie.

Zé Cafofinho é o alter ego do multi-instrumentista pernambucano Tiago Andrade. Segundo uma resenha de seu disco Um Pé na Meia e Outro de Fora (2006), o artista “adiciona jazz ao samba de terreiro, pitadas de música árabe às rabecas, cordas regionais de ótimo gosto e um resultado final que, ao invés de causar estranheza, fascina”. Seu álbum recente, Dança da Noite (2010), tem participação de Arnaldo Antunes, na música título, e de Rildo Hora, em “Bigode” e “Vamos pra Rua”. O álbum pode ser baixado no site oficial.

Foto: Marcelo Lyra/divulgação

Cabruêra está na estrada há 13 anos e reúne quatro músicos com influências diversas, do cancioneiro popular da Paraíba à música eletrônica. Gravou os álbuns Cabruêra (2000), Samba da Minha Terra (2004), Sons da Paraíba (2005) e Visagem (2010). Além de turnês pelo Brasil, participou de festivais na Inglaterra, na Dinamarca, na Itália, na República Tcheca, na Alemanha, na França, na Holanda, na Bélgica, na Suíça e em Portugal. Atualmente, grava seu quinto CD, Nordeste Oculto, com direção artística do citarista Alberto Marsicano. Saiba mais no site oficial.

Foto: Augusto Pessoa/divulgação

A banda pernambucana Eddie foi criada em 1989, em Olinda. Depois de turnês pelo Brasil e pela Europa e várias formações, hoje ela é composta de Fábio Trummer (guitarra e voz), Urêa (percurssão e voz), Andret (trompetes, teclados e samplers), Kiko (bateria) e Rob (baixo), além de contar com a participação especial de Erasto Vasconcelos. A banda se apresenta ainda com mais um músico convidado: Marcos Alex Ribeiro.

Foto: Ivson Miranda