Satélite bolinha é o nome dado a um grupo de satélites militares norte-americanos que, por ter acesso simplificado, foram usados durante anos, ilegalmente, por brasileiros. Em março de 2009, o exagero na comemoração de um gol de Ronaldo provocou um pedido americano à polícia federal brasileira, que terminou na prisão temporária de 20 desses usuários. Com base no fato, o documentário cria uma estética audiovisual do ruído para discutir tecnologia e liberdade de comunicação.