0 texto

A arte registra a vivência da cidade: recorda as identidades sucessivas que toma ao longo do tempo, guarda as experiências daqueles que vivem nela. Com mediação da jornalista Natália Garcia, o Brechas Urbanas de agosto discute essa potencialidade artística – em diálogo com a exposição German Lorca, Mosaico do Tempo: 70 Anos de Fotografia.

Brechas Urbanas – Memória Estética das Cidades [com interpretação em Libras]
quarta 29 de agosto de 2018
às 20h 
Sala Multiúso (piso 2) 100 lugares
[livre para todos os públicos]

[duração aproximada: 120 minutos]

distribuição de ingressos
público preferencial:
 uma hora antes do espetáculo, com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante | público não preferencial: uma hora antes do espetáculo, um ingresso por pessoa

Veja também