Classificação indicativa: 14 anos
 

Ao tentar recomeçar a sua vida no Líbano, terra de seus ancestrais, uma mulher recebe a visita de sua mãe, já falecida, insistindo para que ela retorne ao Brasil. A partir desse embate, afloram as subjetividades das duas personagens, tão próximas e tão distintas ao mesmo tempo. Essa relação de amálgama de aspectos psicológicos, sociais e míticos é a tônica da peça Que os mortos enterrem seus mortos, obra em processo debatida no projeto “Ensaios de fruição” (que objetiva aproximar público e criação).

No dia 4 de setembro, o autor Samir Yazbek, o diretor Marcelo Lazzaratto e as atrizes Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido falam sobre essa construção, além de lerem um trecho da peça. No dia 11, há também leituras de excertos e um ensaio. E, no dia 22, acontece uma leitura da peça na íntegra.

Reserve seu ingresso para o dia 4 de setembro:

Reserve seu ingresso para o dia 11 de setembro:

Reserve seu ingresso para o dia 22 de setembro:

Espetáculo em processo: Que os mortos enterrem seus mortos [com interpretação em Libras]
sábados 4 e 11 de setembro de 2021
às 15h
[duração aproximada: 120 minutos]
on-line – plataforma Sympla/Zoom

[classificação indicativa: 14 anos]

Atividade gratuita

Reserve seu ingresso para o dia 4 de setembro [a partir de 18 de agosto, às 12h, até esgotar]
Reserve seu ingresso para o dia 11 de setembro [a partir de 18 de agosto, às 12h, até esgotar]

Leitura da peça na íntegra: Que os mortos enterrem seus mortos [com interpretação em Libras]
quarta 22 de setembro de 2021
às 20h
[duração aproximada: 120 minutos]
on-line – plataforma Sympla/Zoom

[classificação indicativa: 14 anos]

Atividade gratuita

Reserve seu ingresso para o dia 22 de setembro [a partir de 18 de agosto, às 12h, até esgotar]

Saiba como acessar a transmissão via Sympla.

Ficha técnica
Texto: Samir Yazbek
Direção: Marcelo Lazzaratto
Elenco: Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido
Produção: Edinho Rodrigues (Brancalyone Produções)

Veja também