Classificação indicativa: 14 anos

O espetáculo Galo Índio remonta as memórias do ator e autor Rodolfo Amorim em relação à morte de seu pai e o silêncio criado em torno desse evento na sua infância. Na peça, um órfão tenta retratar seu pai ausente a partir de poucos fragmentos que se alojaram em sua memória.

Na busca pelos contornos desse pai, sua própria infância emerge de sua memória e demonstra o quanto esse vazio foi determinante na construção da sua forma de ver e interagir com a vida. Um encontro entre pai e filho. Entre um adulto e sua criança.

Galo Índio [com interpretação em Libras]
sábado 18 e domingo 19 de maio de 2019
sábado às 21h e domingos às 20h
[duração aproximada: 60 minutos]
Sala Multiúso (piso 2) – 70 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

[classificação indicativa: 14 anos]



FICHA TÉCNICA
Atuação e texto Rodolfo Amorim
Direção Antônio Januzelli (Janô)
Direção de arte Renato Bolelli Rebouças
Iluminação Beto de Faria

Veja também