Classificação indicativa: 14 anos

O coreógrafo norte-americano Shamel Pitts apresenta Black Hole, a terceira performance de uma trilogia de espetáculos construídos a partir da linguagem de movimento Gaga, desenvolvida pelo coreógrafo israelense Ohad Naharin. A apresentação utiliza ação, luz e artes visuais para engajar o público numa jornada colorida e hipnótica.

A performance se inspira nos imaginários dos buracos negros e da gravidade, pensando a partir daí o espaço no interior do corpo e a distância entre o próprio corpo e o dos outros. Assim, a coreografia explora densidade e leveza, em interação com a cenografia criada pelo designer de luz Lucca del Carlo. Black Hole compõe uma trilogia com as montagens Black Box: Black Book of Red e Black Velvet: Arquiteturas e Arquétipos.

Gaga foi criada pelo coreógrafo israelense Ohad Naharin e faz parte do treinamento da Companhia de Dança Batsheva, de Tel Aviv, em Israel. Ela desenvolve no participante maior consciência corporal, de modo a alcançar mais flexibilidade, energia e imaginação.

Coreógrafo, performer, bailarino e professor, Shamel Pitts ganhou vários prêmios pelo seu trabalho e é artista residente da Universidad de Harvard. Ao longo da sua trajetória, compôs o Hell’s Kitchen Dance, o Ballets Jazz Montréal e o Batsheva Dance Company.

Black Hole
sexta 11 e sábado 12 de outubro
às 21h

domingo 13 de outubro
às 20h

[duração aproximada: 50 minutos]
[classificação indicativa: 14 anos]

Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também