Classificação indicativa: 12 anos

Considerado um dos principais eventos brasileiros de música, o festival potiguar DoSol chega à 15ª edição em novembro de 2018. A comemoração, porém, não fica apenas em Natal (RN); háverá shows também em Brasília e em São Paulo. Na capital paulista, ocorrem na sede do Itaú Cultural, com quatro apresentações em 6 e 7 de setembro.

No dia 6, às 20h, apresenta-se a Orquestra Greiosa, com participação especial de Luê, e Talma&Gadelha. Já no dia 7, também às 20h, tocam Ângela Castro e Buena Onda e Giovani Cidreira.

A Orquestra Greiosa é um bloco de Carnaval independente que passeia pelo carimbó, pelo tecnobrega, pelo axé, pelo dub e pelo frevo. Luê fica entre o pop e o eletrônico. Talma&Gadelha é uma banda de pop rock. Ângela Castro e Buena Onda, influenciada pela música brasileira dos anos 1970, transita por dub, rock e afrobeat. Giovani Cidreira passa pelo experimental, pelo indie rock e pela MPB.

Em São Paulo, o DoSol terá atrações também na Casa Natura e na Casa do Mancha.

Festival DoSol no Itaú Cultural

quinta 6 de setembro de 2018
às 20h

Orquestra Greiosa
participação especial Luê

Talma&Gadelha

sexta 7 de setembro de 2018
às 20h

Ângela Castro e Buena Onda

Giovani Cidreira

Entrada gratuita

Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares
[duração aproximada: 105 minutos]

distribuição de ingressos

público preferencial: uma hora antes do evento, com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante | público não preferencial: uma hora antes do evento, um ingresso por pessoa

[classificação indicativa: 12 anos]

Veja também

Show traz ao palco a era de ouro da música

Conhecido como a época de ouro da música universal, o período de 1963 a 1974 representou um marco geracional que repercute até os dias de hoje. O show O Bom e Velho reúne no palco dois amigos para tocar o rock 'n' roll daquele momento
onde: Itaú Cultural