O poeta e ensaísta Glauco Mattoso fala sobre as primeiras leituras na infância e adolescência, que vão de Monteiro Lobato a Marquês de Sade. Mostrando um amplo conhecimento literário, ele conta sobre a criação de mais de três mil sonetos após a perda da visão, no final dos anos 1990.

Veja também:
>>
Texto exclusivo de Glauco Mattoso pro site do Itaú Cultural 

Pedra de toque é publicado semanalmente, sempre às quartas-feiras. Ouça todos os episódios clicando aqui ou em aplicativos especializados, como o Spotify, no celular ou no computador – basta pesquisar o nome do programa.       

Depoimento gravado em dezembro de 2008.

Homem aparece sentado, segurando um microfone e usando óculos escuros. A foto está em tons de cor de rosa e tem o título Pedra de toque em amarelo, no meio da imagem, à direita.
Glauco Mattoso, poeta e ensaísta (imagem: Ivson Miranda)

ITAÚ CULTURAL
Presidente: Alfredo Setubal
Diretor: Eduardo Saron
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Kety Fernandes Nassar
Apresentação: Ademir Assunção
Produção audiovisual: Amanda Lopes e Roberta Roque
Som: Cinemática Audiovisual (terceirizada)
Locução: Adriana Braga (terceirizada)
Trilha musical: “The heart knows”, de Idan Balas (Artlist)

O Itaú Cultural integra a Fundação Itaú para Educação e Cultura. Saiba mais em fundacaoitau.org.br.

Veja também
Imagem do poeta Rodrigo Garcia Lopes com o filtro rosa que caracteriza o podcast Pedra de Toque. O logo do programa está ao lado esquerdo da imagem, na cor verde. Abaixo dele, está o logo do Itaú Cultural, na cor branca. Ele está encostado no tronco de uma árvore, usa uma camisa clara de botões e tem cabelos lisos e escuros.

Rodrigo Garcia Lopes – Pedra de toque

Neste episódio do podcast, Rodrigo Garcia Lopes fala sobre suas influências literárias e lê poemas de William Carlos Willians, Elizabeth Bishop e Carlos Drummond de Andrade