Classificação indicativa: Livre

Fechando a programação de setembro de Terças de Cinema, no dia 25 o Itaú Cultural exibe Jards (2012), um ensaio poético-musical sobre o compositor, cantor, violonista e produtor Jards Macalé.

Fugindo do formato dos filmes biográficos tradicionais, o documentário celebra o processo de criação do artista retratando alguns destes momentos – a afinação, a repetição, a improvisação com os instrumentos –, num encontro entre música e cinema.

A exibição será seguida de conversa com o diretor do longa, Eryk Rocha.

Jards Macalé nasceu no Rio de Janeiro, em 1943. Atuou em várias formas de arte, como cinema, poesia e teatro, e já gravou mais de 15 álbuns, entre compactos e discos.

Eryk Rocha nasceu em 1978, em Brasília. Estudou cinema na Escola San Antonio de Los Baños, em Cuba, onde realizou Rocha que Voa (2002) – documentário sobre o exílio do seu pai, o cineasta Glauber Rocha, premiado no Brasil, em Cuba e na Argentina. O segundo longa, Intervalo Clandestino, foi realizado em 2006 e recebeu o Prêmio de Menção Honrosa Especial no Festival de Guadalajara. Em 2010 lançou Pachamama, exibido em 15 festivais internacionais e premiado como o Melhor Longa-Metragem Documental no Cineport 2009. Transeunte, de 2011, é seu primeiro longa de ficção.

Terças de Cinema – Jards
terça 25 de setembro de 2018
às 19h
[duração do filme: 93 minutos | duração total: aproximadamente 140 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 206 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial:
uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também