Classificação indicativa: Livre
 

>>Atualização: a partir de 24 de agosto, a sede do Itaú Cultural volta a funcionar com visitação espontânea, sem a necessidade de agendamento prévio.

>>Conheça o site da Ocupação Sueli Carneiro

Referência do feminismo negro no Brasil, Sueli Carneiro é a homenageada da 52ª Ocupação Itaú Cultural. Nascida no bairro da Lapa, zona oeste da capital paulista, Sueli é uma das intelectuais negras mais atuantes em atividade no país, dona de uma trajetória que é celebrada no Itaú Cultural (IC).

A exposição ocorre na sede do IC no dia 28 de agosto e fica em cartaz até 31 de outubro de 2021, com visitação espontânea. Vale ressaltar que o Itaú Cultural segue protocolos de segurança para conter o avanço da pandemia de covid-19. Acesse aqui a cartilha para mais informações sobre as medidas adotadas.

A mostra celebra a vida e a obra de Sueli, recontando sua biografia marcada pelo ativismo e pelo desenvolvimento de um pensamento filosófico e acadêmico.

Sueli Carneiro | foto: André Seiti / acervo Itaú Cultural

Grande entusiasta do fazer coletivo, Sueli é homenageada também por seus familiares, amigos e colegas de vida e luta, que estão presentes na Ocupação e saúdam o privilégio de serem seus contemporâneos. O espaço físico traz elementos que contam sobre a filósofa, suas memórias pessoais, a força e a simbologia de sua religiosidade, sua paixão por música e futebol, e sua longa jornada no ativismo negro, repleta de debates fundamentais sobre o país.

A Ocupação conta também com um site (disponível a partir de 28 de agosto de 2021) que traz uma série de conteúdos e informações adicionais aos encontrados no espaço físico. Nesta edição, nomes como Djamila Ribeiro e Thula Pires assinam textos em homenagem a Sueli.

Celebrar Sueli Carneiro e todo o seu legado é absolutamente necessário. Seus escritos, pensamentos e luta, juntos à sua rede de afetos, contribuíram para o movimento negro e apontam caminhos para quem quer construir um Brasil verdadeiramente antirracista.

Ocupação Sueli Carneiro

sábado 28 de agosto de 2021
a domingo 31 de outubro de 2021
terça a domingo 11h às 19h

Os recursos de acessibilidade para pessoas cegas e pessoas surdas estarão disponíveis na exposição a partir do dia 28 de agosto.  

Entrada gratuita

[livre para todos os públicos]

Veja também