Classificação indicativa: Livre
 

Entre os dias 29 de junho e 3 de julho, as sete instituições culturais da Avenida Paulista apresentam uma grade de programação especial e unificada: a Paulista Cultural 2021 #EmCasa. As atividades acontecerão nos canais digitais da Paulista Cultural e nos sites e nas redes sociais de cada instituto.

Serão cinco dias de atividades gratuitas e, pela primeira vez, 100% virtuais e em formato de festival. Veja no site da Paulista Cultural a programação completa com todas as instituições.

Confira abaixo a programação do IC:

terça-feira 29 de junho

10h | Um outro nome para amizade (Cena agora) [com interpretação em Libras]
Nesta cena criada para o recorte Encruzilhada Nordeste(s): (contra)narrativas poéticas, da programação Cena agora do Itaú Cultural (IC), a Cia. do Tijolo evoca personagens de seus espetáculos para junto com amigas, camaradas e companheiros, pensar o tempo presente, a vida presente. Dom Helder Câmara, Ivone Gebara, Paulo Freire e Patativa do Assaré percorrem encruzilhadas da cidade de concreto condenada a nunca adormecer.

[duração aproximada: 20 minutos]

on-line Facebook @paulistaculturaloficial

[livre para todos os públicos]

Registro apresenta Chiquinha Gonzaga ao lado de seu piano.
Chiquinha Gonzaga (imagem: Acervo Instituto Moreira Salles)

quarta-feira 30 de junho

11h | Duas mulheres pioneiras na música brasileira: Chiquinha Gonzaga e Dona Ivone Lara [com interpretação em Libras]
A Ocupação Chiquinha Gonzaga celebra a vida e a carreira da compositora e maestrina, famosa por diversos sucessos, entre eles a marchinha “Ó abre alas”. Nas Experiências virtuais sobre Chiquinha, o público é convidado a conhecer a importância da artista para o universo da música brasileira e o contexto sociopolítico em ela que vivia.

[duração aproximada: 60 minutos]

on-line
[livre para todos os públicos]

inscrições via Sympla

Foto do quadro O Mágico, da artista Beatriz Milhazes. Sobre um fundo predominantemente cor de laranja, aparece uma espiral em branco e vermelho no canto direito e, no restante da imagem, flores coloridas em vários formatos.
O Mágico, de Beatriz Milhazes (imagem: Jorge Miño)

sexta-feira 2 de julho

17h | Experiências Beatriz Milhazes [com interpretação em Libras]
Em Beatriz Milhazes: Avenida Paulista, mostra que acontece simultaneamente no Itaú Cultural e no Masp, o público conhece a produção dos últimos 30 anos de carreira da artista. As Experiências virtuais relacionadas à exposição trazem diferentes recortes dos trabalhos de Beatriz, aproximando o público da prática dela e da proposta curatorial.

Saiba mais sobre as experiências virtuais de julho aqui.

[duração aproximada: 60 minutos]

on-line
[livre para todos os públicos]

inscrições via Sympla

Pereira da Viola é um homem negro, com cabelos curtos e grisalhos. Ele sorri, usa um blazer branco e segura um violão. Ao fundo, um rio e árvores.
O artista Pereira da Viola (imagem: Elcio Paraiso)

20h | Pereira da Viola [com interpretação em Libras]
Artista ligado às culturas mineira, quilombola e rural (e, ao mesmo tempo, um instrumentista universal), Pereira da Viola apresenta sua bagagem artística em um show on-line, parte da programação do Palco virtual. A base da musicalidade do cantor, compositor e violeiro traz uma leitura de mundo pautada pela diversidade poética, melódica e rítmica. Com sete discos, sendo o último o CD Novos caminhos (2018), e um DVD lançados, o artista acumula ainda em sua trajetória trabalhos coletivos e no exterior.

Saiba mais sobre a programação aqui.

[duração aproximada: 60 minutos]

on-line - Facebook @paulistaculturaloficial
[livre para todos os públicos]

Reserve seu ingresso [a partir do dia 16 de junho, às 12h, até o início do evento (ou até esgotar)]

A fotografia colorida retrata uma cena do espetáculo O dia em que minha vida mudou por causa de um chocolate comprado nas Ilhas Maldivas. Nesta cena, os três amigos aparecem assustados tentando segurar uma mochila que cai sobre eles.
O dia em que minha vida mudou por causa de um chocolate comprado nas Ilhas Maldivas (imagem: Ligia Jardim)

sábado 3 de julho

10h | O dia em que minha vida mudou por causa de um chocolate comprado nas Ilhas Maldivas [com interpretação em Libras]
Era para ser um dia normal na escola, mas o melhor amigo de Mia resolveu dar a ela um
presente especial: um chocolate que a faz lembrar do pai. Junto ao doce, um bilhete e
a pergunta: “Quer sentar do meu lado hoje na perua?”. A pergunta vira o mundo de Mia de cabeça para baixo e é o ponto de partida para uma jornada de muitas dúvidas, incertezas e hormônios.

[duração aproximada: 55 minutos]

on-line - Facebook @paulistaculturaloficial
[livre para todos os públicos]

Veja também

Laerte, 70

Confira materiais sobre a cartunista, que celebra seu 70º aniversário meses após enfrentar a covid-19

Karine Teles, um certo alguém

“Além de me emocionar com obras de arte que pesquiso, assisto, leio e ouço, eu me emociono com as pessoas”, fala a atriz