Classificação indicativa: Livre

Um pocket show marca o lançamento da segunda edição do livro Dona Ivone Lara: a Primeira-dama do Samba, de Lucas Nobile. O autor, Fabiana Cozza, Alessandro Penezzi e Tiganá Santana participam de um debate sobre a trajetória da cantora e compositora.

Em entrevista ao Itaú Cultural, Nobile, que também é jornalista e pesquisador, contou algumas de suas referências para além do universo musical. Confira abaixo:

[LIVRO] A sangue frio, de Truman Capote

A despeito do horror dos acontecimentos (o assassinato de quatro pessoas da mesma família em uma cidadezinha minúscula dos Estados Unidos), poucas vezes li algo tão bem escrito. Não à toa, essa obra se tornou um marco no chamado jornalismo literário. É uma referência na minha profissão.
 

[DISCO] Samba, minha verdade, Samba, minha raiz, de Dona Ivone Lara

Primeiro disco solo de Dona Ivone, completou 40 anos de lançamento em 2018. Como se já não bastasse toda a grandeza musical ali encerrada, o álbum é pioneiro e revolucionário; a capa já diz tudo: uma mulher negra em primeiro plano, cercada de homens, empunhando um cavaquinho e rompendo barreiras num ambiente machista e masculinizado.
 

[FILME] Só Dez por Cento é Mentira, documentário sobre Manoel de Barros

Além de revelar toda a beleza da obra do poeta, o filme traz uma das longas e raras entrevistas concedidas por Manoel - um gênio e uma das figuras mais bonitas que já passaram por esse plano que a gente conhece.
 

[LUGAR] Cacique de Ramos, no Rio de Janeiro

Quem gosta de samba e de música precisa ir a uma das rodas no lugar que revelou o Fundo de Quintal e nomes associados a ele, como Arlindo Cruz, Sombrinha, Jorge Aragão e Almir Guineto.

Veja também:

>>Todo o nosso conteúdo sobre Dona Ivone Lara
 


Homenagem a Dona Ivone Lara [com interpretação em Libras]
quinta 18 de outubro de 2018
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo, com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo, um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também