O contato com o público traz uma relação intimista para os leitores e para os autores, que se tornam acessíveis a partir de eventos e encontros. Conversar com os leitores é uma oportunidade de aprendizado para quem escreve HQ, como contam os autores e quadrinistas Laura Athayde, Fernanda Nia, Mario Cau, LoveLove6, Lino Arruda e Bianca Pinheiro e o jornalista e editor Sidney Gusman.

O contato por meio digital também possibilita que pessoas escrevam sugerindo histórias, enviando elogios e às vezes críticas. A partir desses relacionamentos, amizades surgem de uma inicial relação fã-autor.

De acordo com a quadrinista Fernanda Nia, a responsabilidade por trás das mensagens é enorme, afinal, jovens estão em formação e acabam absorvendo as referências vindas de pensadores influentes, como os escritores. Por causa disso é de extrema importância falar sobre temas sociais variados. “É um privilégio estar na pele de outra pessoa por um instante e ver o mundo por outros olhos”, conta a ilustradora e quadrinista Laura Athayde.

Gravado em setembro e outubro de 2018, na sede do Itaú Cultural, em São Paulo/SP.

segunda temporada de Caminhos de HQ exibe 11 episódios que mostram as trajetórias individuais ou em duplas dos artistas, além de abordar temas como sobre edição, público e representatividade. Os vídeos serão disponibilizados aos sábados, sempre às 14h, no site e no canal do YouTube do Itaú Cultural.

Veja também

Prisões de Dentro – Carol Ito

Carol Ito visita um presídio no município de Serra, no Espírito Santo, para conversar com homens acusados de agredir e assassinar mulheres