Classificação indicativa: Livre

Os ensinamentos de Lydia Hortélio, 45ª homenageada do programa Ocupação Itaú Cultural, reverberam em muitas frentes, sendo a música, a contação de narrativas e a performance três artes que bem conversam com o universo da educadora. Por isso, em julho, uma sequência de quatro espetáculos ligam-se a Lydia. 

No dia 18, a flautista Elisa Goritzki, filha de Lydia, exibe composições contemporâneas de choro no show Alma Brasileira.

Em 19 de julho, é a vez de Pereira da Viola mostrar faixas do disco Novos Caminhos, lançado em 2018. O violeiro, vale dizer, tem um olhar cuidadoso para a música da infância da zona rural.

No dia 20, Regina Machado apresenta contos e cantos de tradição oral em homenagem a Lydia Hortélio. Intitulado Régua e Compasso: Histórias para Bela Lydia, o espetáculo conta também com Elisa Goritzki (flauta e canto) e Thomas Howard (violão e santur). 

E, por fim, em 21 de julho, a performance Si Colomi traz, para o palco, alunos da Oca Escola Cultural. Inspirado nas formas de movimento que embalam o saber tradicional, o grupo é acompanhado por cinco músicos e se baseia nas pesquisas de Lydia, Lucilene Silva e Adelsin.

Veja também: 
>> Saiba mais sobre a Ocupação Lydia Hortélio


Elisa Goritzki 
quinta 18 de julho de 2019
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Pereira da Viola [com interpretação em Libras]
sexta 19 de julho de 2019
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Regina Machado [com interpretação em Libras]
sábado 20 de julho de 2019
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Si Colomi [com interpretação em Libras]
domingo 21 de julho de 2019
às 17h
[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial:
 uma hora antes do evento | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do evento | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Veja também