Classificação indicativa: Livre

Raízes e Migrações | Festival Arte como Respiro: Audiovisual
Uma seleção de filmes que apresentam diferentes relações com o espaço, com o chão, com o ato de criar raízes a fim de consolidar um lugar no mundo ou o de se deslocar para criar raízes em territórios diversos, seja por desejo, seja por necessidade.

Duração total: 35 minutos

Livre para todos os públicos

Acessível em Libras e com legendas em português (habilite o recurso no player)

YWY YZA’R – os Donos da Terra (RJ)
de Mariana Villas-Bôas e Zahy Guajajara
2020
[acesso em 00:20 no vídeo do programa]

Sinopse: YWY YZA’R é um filme-manifesto protagonizado pela "ARTivista" Zahy Guajajara, nascida na reserva indígena Cana Brava, no Maranhão. Desde 2010, Zahy vive no Rio de Janeiro e busca na arte uma forma de defender seu povo. O filme evidencia a urgência da descolonização do Brasil e aponta para um movimento de redescoberta da origem do país através da reconexão com a cultura ancestral indígena. A dívida histórica para com os povos originários deve ser paga com respeito e reconhecimento. Os povos indígenas têm muito a nos ensinar sobre a nossa primeira identidade e o meio ambiente. O filme é resultado de uma experimentação audiovisual que respeita as normas de isolamento social impostas pela pandemia de covid-19. Filmado por aplicativo de videochamada, assume essa linguagem e explora a luz como elemento estético para imprimir a atmosfera do confinamento e o sentimento de impotência perante o Brasil sequestrado. A narrativa parte da escuridão e atravessa o vermelho, um alerta de urgência para a humanidade.

Equipe:
Artista: Zahy Guajajara
Direção: Mariana Villas-Bôas
Roteiro: Zahy Guajajara e Mariana Villas-Bôas
 

O Medo e a Coragem (PR)
de Gustavo Castro
2019
[acesso em 03:25 no vídeo do programa]

Sinopse: Imigrantes venezuelanos trazem à tona os sentimentos de quem deixa seu país. Em setembro de 2019 foram gravados breves depoimentos, que chamamos de videocartas, com mensagens de apoio, desabafos, desejos de união e palavras de carinho destinadas a outros migrantes e refugiados que enfrentam suas batalhas nos mais diversos lugares deste mundo. Em tempos de covid-19, em que migrantes e refugiados estão entre os grupos mais vulneráveis, deixamos aqui essas palavras amorosas na tentativa de amenizar o desamparo.

Equipe:
Este vídeo é uma produção coletiva feita a partir de uma oficina de storytelling e realização de vídeo com migrantes e refugiados
Gustavo Castro: direção-geral
Juliana Sanson: coordenação de oficina
Jean Gabriel Coutinho: trilha sonora
Entrevistados: Manuel Felipe González Regalado, Ninoska Pottella e Jesús Izaguirre
Participantes da oficina: Alfonso Santander, Anyelo Califano, Fantine Soto, Gloire Mvangi Nkialulendo, Jesús Izaguirre, Jorge Eduardo Balza Méndez, Loubens Theodorice, Lucafert Milius, Luis Branger, Lusvelis Buriel, Manuel Felipe González Regalado, Ninoska Pottella, Rockmillys Basante, Ronal Dieuseul Saint Amour, Stephanie Pierre, Walasse Octavien e William Mendez

Remanescência – Histórias da Campina (PR)
de Mauricio Pilati
2018
[acesso em 06:31 no vídeo do programa]

Sinopse: Campina é uma comunidade quilombola do município de Turvo, no interior do Paraná. Estimada em cerca de 200 anos de idade, já chegou a abrigar centenas de famílias afrodescendentes, das quais poucas ainda residem no local, lutando para preservar a cultura de seus ancestrais, tão pouco documentada e compartilhada. Neste documentário, produzido com os jovens quilombolas e alunos da oficina de audiovisual, alguns moradores narram sua história e, aos seus olhos, a trajetória da Comunidade Quilombola Campina dos Morenos.


Equipe:
Roteiro: Camila Maciel
Direção: Mauricio Pilati

Retorno (BA)
de Neto Astério
2020
[acesso em 09:33 no vídeo do programa]

Sinopse: As perguntas me servem de guia. Como seguir acreditando quando o dia a dia parece não contribuir? Neste curta-metragem me encontro entre paredes que me isolam e portões que escancaram novas visões. De volta à cidade em que nasci, revisito traumas que a todo tempo sussurram a antiga e constante vontade de fugir.

Equipe:
Neto Astério: roteiro, montagem e narração

Ancoragem (BA)
de Bernard Attal
2020
[acesso em 12:01 no vídeo do programa]

Sinopse: Um homem encontra antigos certificados de investimentos que o levam a descobrir uma nova terra e achar sua ancoragem.

Equipe:
Bernard Attal: roteiro, direção, captação e edição
Gel Santana: personagem
Silvain Vanot: trilha sonora

Ninguém Entra, Ninguém Sai (SP)
de Joel Pizzini
2020
[acesso em 15:09 no vídeo do programa]

Sinopse: De Sangradouro, em Mato Grosso, o primeiro cineasta indígena do país, Divino Xavante, manda sinais ao colega Joel Pizzini sobre o combate de sua aldeia a mais uma epidemia selvagem. O grito de guerra é: ninguém entra, ninguém sai!

Equipe:
Joel Pizzini: diretor
Divino Xavante: protagonista
Felipe David Rodrigues: montador
Vitor Campanario: assistente de direção e montagem
Juliana Domingos e Divino Xavante: câmeras
Tiago Campos, Amandine Goisbault e Vicent Carelli (Vídeo nas Aldeias): agradecimento pela cessão de imagens de arquivo do filme O Mestre e o Divino, de Tiago Campos

Pelu (RJ)
de Gabriel Panazio
2018
[acesso em 18:12 no vídeo do programa]

Sinopse: Criado junto com Lionel Messi, no mesmo bairro de Rosário, na Argentina, Pelu também foi em busca de conquistar o mundo com o seu talento.

Equipe:
Roteiro, direção, fotografia, edição e cor: Gabriel Panazio
Assistente de direção: Fran Camparoni
Assistente de câmera: César Carrapito
Áudio: Julio Oliveira
Trilha sonora: Mario Gennari

Terra Espelho (RJ)
de Mari Bley
2020
[acesso em 20:21 no vídeo do programa]

Sinopse: O corpo da terra, nosso corpo, espaço-tempo íntimo desterritorializado. Meu eu outro em dissolução jorra. Vermelho prolonga o interior. Tudo vira terra, deriva e reflete.

Equipe:
Roteiro, direção, fotografia, montagem, corpo: Mari Bley
Trilha sonora: Verónica Daniela Cerrotta

Brás (RN)
de Rodrigo Sena
2020
[acesso em 23:23 no vídeo do programa]

Sinopse: Este atual momento faz repensar nossos planos e onde realmente estamos.

Equipe:
Rodrigo Sena: roteiro, direção, fotografia, montagem e desenho de som
Elenco: Arlindo Bezerra

Mergulho (RJ)
de Luis Gomes
2020
[acesso em 26:29 no vídeo do programa]

Sinopse: Um fotógrafo em quarentena relembra sua viagem para Moçambique em busca de sua ancestralidade e de paz. Enquanto viaja, sua cidade vive uma guerra. Ele retorna ao seu lar com mais motivos para viver.

Equipe:
Luis Gomes: diretor, fotógrafo, montador e ator
Gabriela Vallim: produtora e atriz

Ser Tão em Mim (PE)
de Camila Valença e Sylvia Portela
2020
[acesso em 29:17 no vídeo do programa]

Sinopse: Em março de 2020, o ano acabou para Sylvia, mulher de meia-idade que, sem condições de continuar na cidade, parte para o interior, onde é levada a se redescobrir.

Equipe:
Camila Valença: direção, produção e montagem
Sylvia Portela: roteiro e direção

O Retorno do Encontro (SP)
de Bianca Turner 
2020
[acesso em 32:24 no vídeo do programa]

Sinopse: Mapas do período da expansão europeia são sobrepostos a imagens reais do desmatamento da Amazônia e se encontram com sonoridades e vozes que desafiam a lógica do discurso colonial.

Equipe:
Bianca Turner: concepção e edição audiovisual

Este programa integra o Festival Arte como Respiro: Audiovisual. Confira a programação completa aqui.

 

Veja também