Classificação indicativa: Livre

O primeiro programa de música da segunda edição do Festival Arte como Respiro conta com apresentações de Isaar, Noturna e Rodrigo Campos.

O programa fica disponível no dia 9 de setembro, às 20h, e apenas por 24h.

Com Recife (PE) na garganta e nos arranjos, Isaar tem a cidade como fonte de inspiração. Em 1995, a convite do músico Maciel Salú, a cantora participou do Maracatu Piaba de Ouro e foi aí que sua carreira começou. Integrou a banda Comadre Fulôzinha, acompanhou o músico Antônio Carlos Nóbrega, construiu parcerias com DJ Dolores, realizou o encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e fez parte do grupo Arraial, que esteve junto com o escritor Ariano Suassuna em suas aulas-espetáculo.

Quanto aos trabalhos individuais, Isaar lançou o álbum de estreia em 2006, Azul Claro. Três anos depois, surgiu Corpo de Espuma, o segundo disco. Em 2014, o terceiro: Todo Calor. Desde 2015, põe nos palcos um show que mescla canções dos álbuns mencionados com obras resultantes de seu mosaico de influências e de seu jeito próprio de cantar e encantar.

Quarteto formado por Jhenifer Cohen (vocal), Rayssa Tiger (bateria), Raphael Bezerra (guitarra) e Marcello Athayde (contrabaixo), Noturna traz uma identidade sonora ligada ao rock alternativo, ao indie pop e à cultura paraense. Formada em Belém (PA) no ano de 2018, a banda lançou o EP Amargo (2019), projeto com tom intimista que trata de temas como a vida noturna e o amor platônico. No mesmo ano, trabalharam no single “Apática” e, em 2020, veio “Procura”.

Rodrigo Campos compõe desde criança. Em rodas de samba no bairro de São Mateus, na periferia paulistana, tocava cavaquinho e percussão, memória evidenciada já no título de seu primeiro disco solo: São Mateus Não É um Lugar Assim Tão Longe (2009). Quatro anos depois, lançou o segundo trabalho, Bahia Fantástica (2012). Conversas com Toshiro (2015) é o terceiro álbum, e 9 Sambas (2018) o mais recente. O instrumentista também colabora com outros artistas, a exemplo de Emicida e Juçara Marçal. Com os compositores Kiko Dinucci e Romulo Fróes e o contrabaixista Marcelo Cabral Rodrigo integra o projeto Passo Torto.

Acesse a programação completa do Festival Arte como Respiro.

Ficha técnica (de acordo com a ordem das apresentações):

Isaar
Voz, pandeiro e maraca: Isaar
Violão: Rama Om
Filmagem e gravação: Isaar

Noturna
Captação de áudio e produção audiovisual: Marcello Athayde e Jhenifer Cohen

Rodrigo Campos
Voz e violão: Rodrigo Campos
Filmagem e gravação: Rodrigo Campos

[livre para todos os públicos] 

Veja também